Pesquisa Industrial Anual - Empresa - PIA-Empresa

Menu do Produto

O que é

Investiga informações sobre as características estruturais básicas do segmento empresarial da atividade industrial no País, tendo como unidade de investigação a empresa industrial formalmente constituída, isto é, aquela registrada no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ, da Secretaria da Receita Federal, e cuja principal fonte de receita seja a atividade industrial. Considerando-se a existência de empresas com múltiplas localizações e/ou múltiplas atividades econômicas, complementam-se as informações referentes à empresa com outras provenientes das unidades locais, entendidas como o espaço físico, geralmente uma área contínua, no qual uma ou mais atividades econômicas são desenvolvidas, correspondendo a um endereço de atuação da empresa ou a um sufixo de CNPJ.

A série da Pesquisa Industrial Anual - PIA teve início em 1966 e apresentou, até 1995, resultados em anos intercensitários, com exceção dos anos de 1971 e 1991. A partir de 1996, com o Programa de Modernização das Estatísticas Econômicas, a pesquisa foi totalmente reformulada e adequada aos parâmetros do novo modelo de produção das estatísticas industriais, comerciais e de serviços, passando a se desdobrar em duas pesquisas: a Pesquisa Industrial Anual - Empresa, PIA-Empresa, e a Pesquisa Industrial Anual - Produto, PIA-Produto. A série da primeira teve início em 1996, e a da segunda, em 1998. Nesse modelo, os censos econômicos quinquenais foram substituídos por pesquisas anuais de base amostral, que passaram a adotar a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE e cujo cadastro básico de seleção é obtido a partir do Cadastro Central de Empresas - CEMPRE, atualizado continuamente. A partir do ano de referência 2008, apresentando resultados retroativos a 2007, o IBGE passou a divulgar uma nova série de dados da PIA-Empresa, utilizando a CNAE 2.0, que substituiu a CNAE 1.0, usada anteriormente. Atualmente, a pesquisa investiga empresas classificadas nas seções B e C da CNAE 2.0, as quais compreendem as Indústrias extrativas e as Indústrias de transformação, respectivamente.

A pesquisa realiza o levantamento de diversas informações econômico-financeiras: receitas bruta e líquida; valor da transformação industrial; número de empresas e de unidades locais; pessoal ocupado; gastos com pessoal; custos de operação industrial e outros custos e despesas; e aquisições e baixas do ativo imobilizado, entre outros aspectos das empresas com 1 ou mais pessoas ocupadas.

A periodicidade da pesquisa é anual. Sua abrangência geográfica é nacional, com resultados divulgados para Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação.