Censo Demográfico

Menu do Produto

O que é

Os censos populacionais produzem informações imprescindíveis para a definição de políticas públicas e a tomada de decisões de investimento, sejam eles provenientes da iniciativa privada ou de qualquer nível de governo, e constituem a única fonte de referência sobre a situação de vida da população nos municípios e em seus recortes internos, como distritos, bairros e localidades, rurais ou urbanas, cujas realidades dependem de seus resultados para serem conhecidas e terem seus dados atualizados.

Censo 2010

O Censo 2010 compreendeu um levantamento minucioso de todos os domicílios do país. Nos meses de coleta de dados e supervisão, 191 mil recenseadores visitaram 67,6 milhões de domicílios nos 5.565 municípios brasileiros para colher informações sobre quem somos, quanto somos, onde estamos e como vivemos.

Os primeiros resultados definitivos, divulgados em novembro de 2010, apontaram uma população formada por 190.732.694 pessoas.

Em abril de 2011, foi divulgada a Sinopse do Censo Demográfico, com informações sobre domicílios recenseados, segundo a espécie, e população residente, segundo as Unidades da Federação e municípios.

Em novembro, mais resultados chegaram ao conhecimento do público com a divulgação do Censo Demográfico: Características da população e dos domicílios: resultados do universo; Censo Demográfico: Resultados preliminares da amostra; Indicadores Sociais Municipais: Uma análise dos resultados do universo do Censo Demográfico e Base de Informações do Censo Demográfico: Resultados do universo por setor censitário.

Censo 2000

A realização de um levantamento como o Censo Demográfico 2000 representa o desafio mais importante para um instituto de estatística, sobretudo em um país de dimensões continentais como o Brasil, com 8 514 215,3 km2, composto por 27 Unidades da Federação e 5 507 municípios existentes na data de referência da pesquisa, abrangendo um total de 54 265 618 de domicílios pesquisados.

Para garantir a confiabilidade de seus resultados e alcançar os melhores níveis de qualidade e transparência em todas as etapas de execução do Censo 2000, foram utilizadas modernas tecnologias, como o mapeamento digital dos municípios com mais de 25 mil habitantes, escaneamento e leitura ótica dos questionários, controles gerencial e operacional via Internet, entre outras inovações tecnológicas que possibilitaram aos usuários dos dados censitários e à sociedade, em geral, o acompanhamento de cada etapa da operação e o acesso aos resultados em curto prazo, por meio das mais modernas mídias de comunicação e disseminação de informações.

No âmbito internacional, a realização do Censo 2000 significou, ainda, a consolidação dos laços estatísticos entre os países do Mercosul Ampliado, que inclui os membros do Mercosul - Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai - além de Bolívia e Chile, tendo como objetivo a padronização de conceitos e classificações visando homogeneizar e fortalecer os sistemas estatísticos nacionais e criar uma base de dados comum aos censos dos seis países.

A divulgação do Censo 2000 procurou levar a cada segmento de usuários as mídias mais apropriadas - publicações impressas, Internet e arquivos digitais - fazendo uso de maneira intensiva de modernas tecnologias, e seus resultados revelam as principais características demográficas e socieconômicas da população brasileira no início do novo milênio. As publicações listadas a seguir apresentam as tabelas básicas, enriquecidas de comentários, gráficos e cartogramas, e são acompanhadas de CD-ROM que contêm as informações do volume impresso em pdf e as tabelas em formato de planilha eletrônica, acrescidos por um conjunto adicional de tabelas e de níveis geográficos.

Publicado em 30/06/2017 às 10:15
Atualizado em 05/02/2018 às 10:44

Sobre - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

O Censo Demográfico 1940 foi o primeiro realizado pelo IBGE e considerado um referencial não apenas por seu caráter inovador na investigação de temas até hoje atuais no contexto nacional, como também pela adoção de princípios técnicos e critérios metodológicos atualizados que conferem aos censos brasileiros uma situação de relevo no continente americano. Com este estudo, busca-se efetuar uma análise comparativa e de tendência da população, tendo como base os resultados então investigados neste levantamento pioneiro dos modernos censos decenais no Brasil e os resultados do Censo Demográfico 2000.

As informações selecionadas como objeto de comparação são apresentadas em tabelas, gráficos e mapas, para o total do País e por Grandes Regiões e Unidades da Federação, e abarcam algumas das características demográficas e socioeconômicas comuns às duas pesquisas - sexo, idade, cor, religião, nacionalidade, educação, nupcialidade e grupos de atividades econômicas - a partir da compatibilização espacial da malha estadual vigente à época do último levantamento. Os comentários analíticos ressaltam as variações e tendências evidenciadas no período.

Publicado em 30/06/2017 às 10:15
Atualizado em 05/02/2018 às 10:44

Principais Resultados - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Tabelas - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Notas Técnicas - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

      Nenhum conteúdo disponível para exibição

      Séries históricas

      #seriehistorica201741154411744

      #seriehistorica201741155034391

      #seriehistorica201741155131672

      Publicado em 15/05/2017 às 10:48

      Microdados - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

      Os microdados consistem no menor nível de desagregação dos dados de uma pesquisa, retratando, sob a forma de códigos numéricos, o conteúdo dos questionários, preservado o sigilo estatístico com vistas à não individualização das informações. Os microdados estão no formato ASCII, possibilitando aos usuários especializados, com conhecimento em programação, preferencialmente em softwares estatísticos, a leitura dos dados, o cruzamento em diferentes agregações geográficas, e a elaboração de múltiplas tabulações segundo sua perspectiva pessoal de interesse.

      Os arquivos de microdados são acompanhados de uma documentação auxiliar que fornece os nomes, os códigos e as descrições das variáveis e suas categorias, complementada, quando necessário, dos elementos necessários para o cálculo dos erros amostrais.

      Atualizações

      11/03/2016 - A variável v1005 - SITUAÇÃO DO SETOR foi incluída nos arquivos de DOMICÍLIO, PESSOA, EMIGRAÇÃO e MORTALIDADE

      Unidades da Federação

      Documentação

      Tabelas - Unidades da Federação e Municípios (em formato zip)

      Publicado em 15/05/2017 às 10:48

      Portaria de precedência

      Divulgação dos resultados de indicadores conjunturais

       

      Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
      GABINETE DO MINISTRO
      PORTARIA Nº 355, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2007
      (Publicada no Diário Oficial da União nº 213, Seção 1, de 06.11.2007)

       

      O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II, do artigo 87 da Constituição Federal, resolve:

      Art. 1º - A divulgação dos resultados de indicadores conjunturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE seguirá as seguintes etapas:

      I - às sete horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados, acompanhados de um sumário-executivo elaborado pelo IBGE, para as autoridades da lista de precedência;

      II - às nove horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados para os órgãos de imprensa e disseminados na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br.

      § 1º. Os técnicos do IBGE estarão disponíveis para prestar esclarecimentos aos usuários sobre os resultados da pesquisa divulgada a partir do encaminhamento de que trata o inciso II do caput.

      § 2º. O disposto nesta portaria aplica-se a qualquer indicador conjuntural produzido pelo IBGE, especialmente aos seguintes:

      I - Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);

      II - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA);

      III - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E);

      IV - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15);

      V - Pesquisa Mensal de Emprego (PME);

      VI - Contas Nacionais Trimestrais;

      VII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil);

      VIII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional);

      IX - Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário - (PIMES);

      X - Pesquisa Mensal de Comércio (PMC);

      XI - Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI);

      XII - Conjuntura Agropecuária (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal; Pesquisa Trimestral de Abate de Animais; Pesquisa Trimestral de Leite; Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha; Pesquisa Trimestral do Couro).

      Art. 2° - A relação das autoridades constantes da lista de precedência específica a cada pesquisa de indicadores conjunturais, será divulgada por intermédio de Nota Oficial da Instituição e disseminada no portal do IBGE na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br

      Art. 3º - As autoridades constantes da lista de precedência deverão observar o mais rigoroso sigilo das informações referentes aos indicadores de que trata esta Portaria, nos termos do disposto na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

      Art. 4º - Revogam-se as Portarias nº 164/MP, de 20 de dezembro de 1999, e nº 167/MP, de 5 de setembro de 2003.

      Art. 5º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

       

      PAULO BERNARDO SILVA 


       O IBGE divulga a relação das autoridades que recebem com precedência os resultados das pesquisas conjunturais produzidas por esta Instituição: 

      Ministro de Estado do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão - Dyogo Henrique de Oliveira

      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
      • Contas Nacionais Trimestrais
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
      • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
      • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
      • Conjuntura Agropecuária
        • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
        • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
        • Pesquisa Trimestral de Leite
        • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
        • Pesquisa Trimestral do Couro
      • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Ministro de Estado da Fazenda - Henrique de Campos Meirelles

      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
      • Contas Nacionais Trimestrais
      • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
      • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
      • Conjuntura Agropecuária
        • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
        • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
        • Pesquisa Trimestral de Leite
        • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
        • Pesquisa Trimestral do Couro
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física - Brasil (PIM-PF Brasil)
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
      • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Blairo Borges Maggi

      • Conjuntura Agropecuária
        • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
        • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
        • Pesquisa Trimestral de Leite
        • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
        • Pesquisa Trimestral do Couro
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Ministro de Estado da Indústria, Comércio e Serviços

      • Contas Nacionais Trimestrais
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física - Brasil (PIM-PF Brasil)
      • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República - Eliseu Lemos Padilha

      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
      • Contas Nacionais Trimestrais
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
      • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
      • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
      • Conjuntura Agropecuária
        • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
        • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
        • Pesquisa Trimestral de Leite
        • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
        • Pesquisa Trimestral do Couro
      • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Presidente do Banco Central - Ilan Goldfajn

      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
      • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
      • Contas Nacionais Trimestrais
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
      • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
      • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
      • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
      • Conjuntura Agropecuária
        • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
        • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
        • Pesquisa Trimestral de Leite
        • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
        • Pesquisa Trimestral do Couro
      • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
      • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

       

      Presidente da Caixa Econômica Federal - Gilberto Magalhães Occhi

        Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)

       

      Diretor do Departamento de Estudos Econômicos e Pesquisas do Ministério do Turismo - José Francisco de Salles Lopes

      • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)

       

      Roberto Luís Olinto Ramos
      Presidente do IBGE
      Atualizado em 8 de agosto de 2017

        

      Divulgação dos resultados de indicadores estruturais

       

      Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
      GABINETE DO MINISTRO
      PORTARIA Nº 15, DE 27 DE JANEIRO DE 2005
      (Publicada no Diário Oficial da União edição número 20 de 28/01/2005)

       

      O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos I e II, da Constituição e considerando o disposto no art. 27, inciso XVII, alínea "c", da Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, resolve:

      Art. 1º - Disciplinar os procedimentos a serem observados na divulgação dos resultados de indicadores estruturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

      Art. 2º Os resultados serão encaminhados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ao Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, com antecedência mínima de quarenta e oito horas do horário fixado no art. 3º, inciso I, desta Portaria.

      Art. 3º No dia da divulgação dos resultados dos indicadores de que trata esta Portaria, serão observados:

      I - liberação para a imprensa e disponibilização pela Internet, no endereço: (https://www.ibge.gov.br), às 10 horas;

      II - os técnicos do IBGE somente poderão prestar esclarecimentos sobre os resultados dos indicadores estruturais após a liberação e publicação na forma do inciso I.

      Art. 4º Os servidores que tenham conhecimento prévio dos resultados deverão manter rigoroso sigilo, sob pena de responsabilidade nos termos da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

      Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

       

      NELSON MACHADO

       

       

      Downloads

      Conceitos e métodos - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

      Nenhum conteúdo disponível para exibição

      Calendário

      Próximas divulgações

      Nenhuma divulgação futura


      Divulgações anteriores

      Nenhuma divulgação passada

      Publicações - Uma análise da população com base nos resultados dos Censos Demográficos 1940 e 2000

      Notícias e releases

      Não há nenhuma notícia vinculada a este produto.

      Material de apoio

      Nenhum material de apoio cadastrado para esse item

      Erramos

      • Correção na base Oracle e no BME de variáveis específicas ao tema indígenas

        Data de publicação: 05/02/2018 12:02

         

        Descrição: Alguns registros de pessoa que não eram indígenas ou não moravam em terra indígena ficaram com valores registrados indevidamente nas variáveis específicas deste escopo.

        Ações: O arquivo foi corrigido e substituído na base Oracle e no BME.