Classificação e Caracterização dos Espaços Rurais e Urbanos do Brasil | Uma primeira aproximação - 2017

Menu do Produto

O que é

A Classificação e Caracterização dos Espaços Rurais e Urbanos do Brasil visa apresentar uma proposta de classificação, por município, dos espaços rurais e urbanos, identificados a partir de critérios comuns para todo o Território Nacional, colocando em debate um dos temas mais caros à identidade geográfica dessa Instituição. Espera-se que o conjunto das informações permita, além de aprimorar a classificação divulgada no Censo Demográfico, aprofundar o conhecimento geográfico acerca da realidade territorial brasileira, considerando o movimento de continuidade/descontinuidade construído entre os espaços rurais e urbanos. Ademais, a grande demanda de classificações por parte da academia, da administração pública e da sociedade em torno desse tema não deixa dúvidas quanto à pertinência dessa discussão de forma contínua, considerando diversas abordagens e escalas.

 

Sobre a publicação - Uma primeira aproximação - 2017

Com o lançamento da Classificação e caracterização dos espaços rurais e urbanos do Brasil: uma primeira aproximação, o IBGE visa apresentar uma proposta de classificação, por município, dos espaços rurais e urbanos, identificados a partir de critérios comuns para todo o Território Nacional, colocando em debate um dos temas mais caros à identidade geográfica dessa Instituição.

Tendo em vista o presente cenário de intensa urbanização vivenciada no País, este debate é apresentado como uma âncora para discussões sobre a questão rural-urbano com o propósito de aprimorar a classificação que será divulgada no Censo Demográfico 2020. Para tal, a presente publicação está estruturada em três capítulos temáticos: o primeiro relata a trajetória conceitual construída pela Geografia do IBGE em torno da delimitação das dimensões rural e urbana e traz uma discussão contemporânea sobre o assunto. O segundo apresenta o contexto político-institucional, internacional e nacional, e fornece uma revisão dos critérios utilizados em outros países, revelando as diferentes abordagens e dados estatísticos utilizados pelas diversas nações. Por fim, encontra-se no terceiro capítulo o desenvolvimento da metodologia e os referenciais empregados na elaboração da presente proposta de tipologia municipal. Uma lista da bibliografia sobre a temática rural-urbano, divulgada nos periódicos do IBGE desde 1939, está apresentada sob a forma de Anexo.

Espera-se que o conjunto das informações ora divulgadas permita, além de aprimorar a classificação divulgada no Censo Demográfico, aprofundar o conhecimento geográfico acerca da realidade territorial brasileira, considerando o movimento de continuidade/descontinuidade construído entre os espaços rurais e urbanos. Ademais, a grande demanda de classificações por parte da academia, da administração pública e da sociedade em torno desse tema não deixa dúvidas quanto à pertinência dessa discussão de forma contínua, considerando diversas abordagens e escalas.

Principais resultados - Uma primeira aproximação - 2017

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Downloads

Informações técnicas - Uma primeira aproximação - 2017

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Parcerias

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Resoluções e legislação

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Saiba mais - Uma primeira aproximação - 2017

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Métodos e documentos de referência - Uma primeira aproximação - 2017

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Publicações - Uma primeira aproximação - 2017

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Perguntas frequentes

    O que é a Classificação e Caracterização dos Espaços Rurais e Urbanos do Brasil?
    A Classificação e Caracterização dos Espaços Rurais e Urbanos do Brasil visa apresentar uma proposta de classificação, por município, dos espaços rurais e urbanos, identificados a partir de critérios comuns para todo o Território Nacional, colocando em debate um dos temas mais caros à identidade geográfica dessa Instituição. Espera-se que o conjunto das informações permita, além de aprimorar a classificação divulgada no Censo Demográfico, aprofundar o conhecimento geográfico acerca da realidade territorial brasileira, considerando o movimento de continuidade/descontinuidade construído entre os espaços rurais e urbanos. Ademais, a grande demanda de classificações por parte da academia, da administração pública e da sociedade em torno desse tema não deixa dúvidas quanto à pertinência dessa discussão de forma contínua, considerando diversas abordagens e escalas.

    A sua dúvida não foi respondida aqui?
    Então entre em contato com a gente pelo ibge@ibge.gov.br ou pelo 0800-721-8181.