Evolução da Divisão Territorial do Brasil | 2010

Menu do Produto

O que é

A Evolução da Divisão Territorial do Brasil é o estudo que disponibiliza informação fundamental da geografia e da história da federação brasileira contada através dos mapas políticos que cobrem o longo período que vai de 1872 - ano do primeiro recenseamento até o último Censo Demográfico realizado pelo IBGE. A evolução da malha territorial do País é precedido por textos analíticos contextualizando o processo histórico de redivisão do mapa político nacional ligado, no passado, à própria trajetória do Brasil enquanto extensão colonial do império ultramarino português até os mapas atuais traçados por ajustes ocorridos no ordenamento legal da federação brasileira no nível estadual e no municipal ao longo dos Séculos XIX, XX e XXI. As alterações nas fronteiras estaduais e municipais são o testemunho das muitas mudanças ocorridas no pacto federativo da República brasileira que repercutiram na definição de como seu território foi sendo subdividido entre suas esferas políticoadministrativas, reconfigurando, continuamente, o mapa político do país.

 

Sobre a publicação - 2010

A Evolução da Divisão Territorial do Brasil é o estudo que disponibiliza informação fundamental da geografia e da história da federação brasileira contada através dos mapas políticos que cobrem o longo período que vai de 1872 - ano do primeiro recenseamento que cobriu todo o País - a 2010.

A estrutura da publicação obedece, assim, à própria lógica de divulgação dessas informações, contemplando, inicialmente, a evolução da divisão político-administrativa, abordada não só através do mapeamento das malhas territoriais estaduais e municipais a partir do primeiro recenseamento realizado ainda no período Imperial, em 1872, passando pelos mapas políticos do Brasil reconfigurados ao longo do século XX – 1900, 1911, 1920, 1933, 1940, 1950, 1960, 1970, 1980, 1991 – chegando até à divisão territorial de 2000 e 2010.

De modo geral, como resultado do passado colonial que teve na expansão e na posse espontânea do território a base de sua dominação política, as províncias imperiais e os estados republicanos herdariam uma divisão político-administrativa extremamente diferenciada em termos de sua dimensão territorial. Nesse sentido, a sequência de mapas relativos à evolução da malha territorial do País é precedido por textos analíticos contextualizando o processo histórico de redivisão do mapa político nacional ligado, no passado, à própria trajetória do Brasil enquanto extensão colonial do império ultramarino português até os mapas atuais traçados por ajustes ocorridos no ordenamento legal da federação brasileira no nível estadual e no municipal ao longo dos Séculos XIX, XX e XXI.

Após a série histórica contemplando a evolução da malha territorial brasileira, é apresentada uma sequência de mapas temáticos da evolução da população total, cobrindo um longo período histórico – 1872, 1900, 1920, 1940, 1950, 1960, 1970, 1980, 1991, 2000 e 2010 – seguidos da evolução da população segundo o local de domicílio, isto é, relativos à distribuição espacial da população urbana e da rural no território brasileiro, que abrangem um período mais curto – 1940, 1950, 1960, 1970, 1980, 1991, 2000 e 2010 – quando a população do Brasil passa a ser contada pelo IBGE, Instituição federal recentemente criada na ocasião para reunir a geografia e a estatística do País.

Principais resultados - 2010

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Downloads

Informações técnicas - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Parcerias

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Resoluções e legislação

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Saiba mais - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Métodos e documentos de referência - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Perguntas frequentes

    O que é a Evolução da Divisão Territorial do Brasil?
    A Evolução da Divisão Territorial do Brasil é o estudo que disponibiliza informação fundamental da geografia e da história da federação brasileira contada através dos mapas políticos que cobrem o longo período que vai de 1872 - ano do primeiro recenseamento até o último Censo Demográfico realizado pelo IBGE.

    Quais são os produtos disponibilizados pelo IBGE?
    Além da publicação em formato impresso e digital, o estudo disponibiliza arquivos, em formato shapefile, dos polígonos e pontos representando a evolução da malha estadual e municipal brasileira, acompanhados de planilha eletrônica fornecendo a genealogia dos municípios, os desmembramentos ocorridos no período, nas mudanças na toponímia e grafia, assim como, os valores populacionais por ano censitário e por município. Cabe observar que em 1872 a população brasileira foi recenseada como população livre ou escrava e, a partir de 1940, segundo a situação do domicílio.

    As malhas municipais apresentam precisão cartográfica?
    As malhas municipais constantes desse trabalho não apresentam precisão cartográfica, tendo sido elaboradas pela união dos polígonos municipais, a partir da malha de 1991, atendendo ao processo de emancipação municipal. As informações de população dos censos de 1872 a 1960 foram digitadas para este trabalho a partir de arquivos PDF disponíveis em www.ibge.gov.br e para o ano de 1920 do próprio volume em papel. Informações mais detalhadas acerca da elaboração das malhas e tabelas podem ser obtidas na Metodologia da publicação. Cabe observar que as malhas referentes aos anos 2000 e 2010 encontram-se disponíveis no portal do IBGE.

    Qual a periodicidade de atualização da publicação?
    A publicação será atualizada decenalmente sempre após o Censo Demográfico. Fica a critério do IBGE, por necessidade ou conveniência, a realização de ajustes nos ciclos de atualização dos produtos

    A sua dúvida não foi respondida aqui?
    Então entre em contato com a gente pelo ibge@ibge.gov.br ou pelo 0800-721-8181.