Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

PNAD Contínua - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

Conceitos e métodos - 2018 Características adicionais do mercado de trabalho

As informações a seguir descrevem os metadados estatísticos, que são o conjunto de conceitos, métodos e aspectos relacionados às estatísticas, e são informações necessárias para compreender as características e a qualidade das estatísticas e interpretá-las corretamente.

Informações Gerais

Objetivo
O principal objetivo é produzir informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho e de características tais como idade, sexo e nível de instrução, bem como permitir o estudo do desenvolvimento socioeconômico do País através da produção de dados anuais sobre outras formas de trabalho, trabalho infantil, migração, entre outros temas.
Tipo de operação estatística
Pesquisa domiciliar integrada
Tipo de dados
Dados de pesquisa por amostragem probabilística
Periodicidade de divulgação
Anual
População-alvo
É a população constituída por todas as pessoas moradoras em domicílios particulares permanentes da área de abrangência da pesquisa.

Metodologia

A pesquisa é realizada através de uma amostra de domicílios, de forma a garantir a representatividade dos resultados para os níveis geográficos em que é produzida. Esquema de rotação da amostra de domicílios: A pesquisa foi planejada para ter periodicidade de coleta trimestral, ou seja, a amostra total de domicílios é coletada em um período de 3 meses, para ao final deste ciclo serem produzidas as estimativas dos indicadores desejados. Um dos principais interesses em pesquisas contínuas que acompanham o mercado de trabalho é a inferência a respeito de mudanças no comportamento dos indicadores, considerando o período de divulgação definido. Nestas situações a amostra é planejada de tal forma que haja rotação dos domicílios selecionados, mantendo uma parcela sobreposta entre dois períodos de divulgação subsequentes. No caso da PNAD Contínua, como o período de divulgação é trimestral, o esquema de rotação da amostra adotado foi o esquema 1-2(5), que é o mais eficiente quando um dos principais interesses da pesquisa é a inferência a respeito de mudanças em indicadores trimestrais. Neste esquema o domicílio é entrevistado 1 mês e sai da amostra por 2 meses seguidos, sendo esta sequência repetida 5 vezes.
Técnica de coleta:
CAPI - Entrevista pessoal assistida por computador

Temas

Temas e subtemas
Trabalho, Trabalho remunerado, Outras formas de trabalho, Rendimento, despesa e consumo, População, Educação, Características gerais da população, Habitação
Principais variáveis
As principais variáveis investigadas na parte de educação são: Alfabetização; frequência à escola; série frequentada; para os que não frequentam escola, se anteriormente frequentaram; curso de grau mais elevado que frequentaram e qual a última série concluída com aprovação. Na parte de trabalho, são: exercício de ao menos uma hora de trabalho na semana de referência; características do trabalho exercido - ocupação, posição na ocupação, existência de carteira de trabalho assinada, contribuição para a previdência, horas habitualmente e efetivamente trabalhadas, desejo de trabalhar mais horas, disponibilidade para trabalhar mais horas, rendimentos de trabalho; características do empreendimento - atividade do empreendimento, número de pessoas ocupadas, registro no CNPJ; para as pessoas não ocupadas na semana de referência - procura de trabalho, disponibilidade para iniciar um trabalho, desejo de trabalhar; para as pessoas ocupadas ou não ocupadas - rendimentos domiciliares; e, em uma subamostra - trabalho na produção para o próprio consumo e construção para o próprio uso, trabalho voluntário, cuidado de pessoas moradoras do domicílio e realização de afazeres domésticos.

Unidades de informação

Unidade de investigação
Domicílio
Unidade de análise
Pessoa.

Períodos de referência

Ano - 01/01/2018 a 31/12/2018

Disseminação

Formas de disseminação
Publicação Digital (online), Microdados no Portal do IBGE, Banco de Dados Agregados - SIDRA, Banco Multidimensional de Estatísticas - BME
Nível de desagregação geográfica
Município da Capital
Nível de divulgação
Brasil, Grandes Regiões, Unidades da Federação, 20 Regiões Metropolitanas que contêm Municípios das Capitais (Manaus, Belém, Macapá, São Luís, Fortaleza, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju, Salvador, Belo Horizonte, Vitória, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Vale do Rio Cuiabá, e Goiânia), Municípios das Capitais e Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina.

Instrumentos de coleta

Histórico

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua é parte do Sistema Integrado de Pesquisas Domiciliares (SIPD), que se constitui em um modelo de produção de pesquisas amostrais domiciliares no qual o planejamento, a execução, a análise e a disseminação dos resultados das diversas pesquisas serão conduzidos de forma coordenada, facilitando o atendimento de novas demandas bem como otimizando os recursos a serem utilizados. Destaca-se, entre outros aspectos, que a amostra de cada uma das pesquisas desse sistema corresponderá a uma parte ou a integralidade de uma amostra mestra, e os conceitos e processos serão harmonizados.
A pesquisa foi implantada, em caráter experimental, em outubro de 2011, em vinte Regiões Metropolitanas que contêm o município da capital, em uma Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE Grande Teresina), em cinco capitais (Porto Velho, Rio Branco, Boa Vista, Palmas e Campo Grande) e em uma Unidade da Federação (Distrito Federal). O objetivo foi realizar os ajustes necessários aos processos referentes à pesquisa. A partir de janeiro de 2012, a mesma foi implantada em todo o território nacional, passando a fazer parte do corpo de pesquisas do IBGE.
Com a implantação desse sistema, o IBGE iniciou uma importante etapa no aprimoramento de seu sistema de pesquisas domiciliares, que propiciará maior eficácia diante de frequentes demandas por informações sobre as condições socioeconômicas e demográficas da população brasileira. Cabe ressaltar que, com vistas à concepção, ao planejamento e a implantação do projeto de reformulação de suas pesquisas domiciliares, o IBGE tem mantido um canal de comunicação aberto com os usuários. Desde 2006, vêm sendo realizados seminários semestrais, intitulados Fóruns do SIPD, com o objetivo de propiciar aos usuários participação efetiva no desenvolvimento do projeto. Além disso, o projeto foi apresentado em um grande número de eventos que foram promovidos pelo governo além de universidades e organizações estatísticas.