Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

PNAD Contínua - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

Sobre - 2021 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Além de informações conjunturais sobre as tendências e flutuações da força de trabalho brasileira, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - PNAD Contínua investiga, trimestralmente, outros indicadores sobre os demais temas suplementares da pesquisa. Para tal, os domicílios selecionados são visitados por cinco trimestres consecutivos, uma vez a cada trimestre, cabendo destacar que, para o tema contemplado no presente informativo, foram acumulados os dados correspondentes ao quarto trimestre de 2021.

A exemplo das edições anteriores, os dados assim obtidos têm como foco o acesso à Internet e à televisão e a posse de telefone móvel celular para uso pessoal, com detalhamento geográfico para Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação. As informações relacionadas aos domicílios particulares permanentes foram obtidas por meio de um bloco de perguntas próprias do tema Tecnologia da Informação e Comunicação - TIC, quando da captação dos dados sobre habitação; e as informações relacionadas às pessoas de 10 anos ou mais de idade, por meio de questionário específico.

O presente informativo traz comentários analíticos sobre variados indicadores. No que diz respeito aos domicílios, contempla as seguintes questões: a existência de televisão; o seu tipo (tela fina ou de tubo); a existência de aparelho com conversor para receber o sinal digital de televisão aberta e os domicílios que já o recebiam; a existência de antena parabólica e a utilização do serviço de televisão por assinatura; a existência de microcomputador, ou tablet, e telefone (fixo convencional ou móvel celular); o uso da Internet, com destaque para os equipamentos empregados para o respectivo acesso e os tipos de conexão (discada, bandas larga fixa e móvel) presentes no domicílio; e, ainda, o motivo principal da não utilização da Internet no domicílio. No que concerne às pessoas de 10 anos ou mais de idade, o informativo abarca aspectos da utilização pessoal da Internet, por qualquer meio e em qualquer local, pelo menos em algum momento do período de referência dos últimos três meses que antecederam a data da entrevista no domicílio, tais como: o equipamento empregado para acessá-la; o tipo de conexão usada; a finalidade de tal acesso; o motivo principal de sua não utilização; e a posse de telefone móvel celular para uso pessoal. Os comentários são ilustrados graficamente e buscam ressaltar as principais diferenças regionais e sociodemográficas observadas nesses indicadores no período considerado.

Cabe destacar que em 2020, primeiro ano da pandemia de COVID-19, não houve investigação sobre esse tema devido à alteração da modalidade de coleta presencial para coleta por telefone, o que implicou na necessidade de adequação do questionário da PNAD Contínua para contemplar somente os temas do núcleo básico de sua investigação. Dessa forma, a série histórica sobre o acesso à Internet e à televisão e a posse de telefone móvel celular para uso pessoal, iniciada em 2016, foi interrompida em 2020, e as comparações ora efetuadas se referem aos anos de 2019 e 2021.

Os informativos da PNAD Contínua também são disponibilizados em meio impresso. As notas técnicas sobre a pesquisa são divulgadas em separado e podem ser acessadas apenas em meio digital, nesta página. Elas fornecem um amplo panorama metodológico da pesquisa, com informações sobre seus objetivos, âmbito, referenciais teóricos utilizados, conceitos e definições adotados, planejamento amostral, entre outros aspectos, e são atualizadas periodicamente por meio da inclusão de conceituações relacionadas à introdução de novos módulos temáticos.