Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

PeNSE - Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar

Sobre - 2019

A Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar - PeNSE, realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde e com o apoio do Ministério da Educação, investiga informações que permitem conhecer e dimensionar os fatores de risco e proteção à saúde dos escolares, utilizando como referência para seleção o cadastro das escolas públicas e privadas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP.

Com este lançamento, o IBGE apresenta os resultados da quarta edição da pesquisa, que, levada a campo em 2019, trouxe importantes inovações em relação às anteriores. Nesse sentido, destacam-se, em especial, a incorporação de novos indicadores e a ampliação da abrangência geográfica da amostra de 13 a 17 anos de idade com informações por Grandes Regiões, Unidades da Federação e Municípios das Capitais. Seus resultados, no entanto, mantêm comparabilidade com os de edições pregressas, em diversos quesitos, para os escolares do 9o ano do ensino fundamental.

A publicação descreve os procedimentos metodológicos que nortearam a elaboração do levantamento, realçando os critérios para delimitação da população-alvo e os aspectos técnicos e éticos envolvidos na coleta dos dados, e tece comentários analíticos que fornecem um perfil multifacetado dos escolares investigados. Para tal, são contempladas questões relacionadas às suas características básicas, como nível de instrução da mãe, posse de bens e/ou serviços no domicílio, e perspectivas ao término do ensino fundamental e médio; contexto familiar; ambiente escolar; hábitos alimentares; atividade física e comportamento sedentário; consumo de cigarro, álcool e outras drogas; saúde sexual e reprodutiva; características de segurança, tanto no que diz respeito à própria percepção do respondente como no que concerne ao seu envolvimento em situações de vitimização ou violência; entre outros aspectos.  O glossário, ao final da publicação, reúne os termos e conceitos considerados essenciais para a compreensão dos resultados.

Ao completar uma década de investigações, esta edição da PeNSE constitui um ponto de observação das condições de saúde e dos fatores de risco e proteção aos quais os escolares brasileiros estavam expostos em um momento imediatamente anterior à pandemia de COVID-19. Assim, a presente investigação se caracteriza, também, como um importante parâmetro para a análise dos impactos desse evento, e seus indicadores poderão subsidiar o planejamento de políticas sociais e planos de recuperação capazes de considerar as enormes desigualdades e vulnerabilidades às quais os adolescentes estão expostos.

Microdados da PeNSE 2019

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística comunica que os microdados da PeNSE 2019 não serão divulgados junto à publicação da pesquisa. O Instituto vem conduzindo estudos técnicos para avaliar a viabilidade de divulgação futura dos microdados da pesquisa.