Pesquisa de Orçamentos Familiares - POF

Menu do Produto

Sobre - Perfil das despesas no Brasil: indicadores selecionados

As Pesquisas de Orçamentos Familiares - POFs realizadas pelo IBGE visam disponibilizar informações sobre a composição dos orçamentos domésticos e as condições de vida da população brasileira, incluindo a percepção subjetiva da qualidade de vida, além de gerar bases de dados e estudos sobre o seu perfil nutricional.

Com o lançamento desta publicação, o IBGE dá prosseguimento à divulgação de resultados da POF 2017-2018, agora contemplando o perfil das despesas, entendendo-se como tal as monetárias e não monetárias correntes (despesas de consumo e outras despesas correntes), bem como o aumento do ativo e a diminuição do passivo dos moradores.

Os resultados, abarcando as famílias residentes nas áreas urbana e rural, para o conjunto do País e as Grandes Regiões, são apresentados em  uma abordagem diferente da proposta na POF 2008-2009 sobre o mesmo tema. Além de informações sobre a despesa per capita total e seus componentes, outras cinco dimensões são apreciadas – renda, moradia, acesso a serviços de utilidade pública, saúde e educação –, segundo alguns condicionantes reconhecidamente determinantes da qualidade de vida no Brasil, como a localização geográfica do domicílio, os arranjos familiares, e as características da pessoa de referência da família, como sexo, cor ou raça, idade e nível de escolaridade. 

A análise dos resultados, ilustrada por tabelas e gráficos, discorre ainda sobre desigualdade e pobreza, investigadas sob a ótica da renda disponível familiar per capita: no primeiro caso, utilizando-se os índices de Gini e de Entropia Generalizada; e, no segundo, medidas calculadas com base nas linhas adotadas, internacionalmente, no monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS. Complementam essas abordagens avaliações que levam em consideração a inserção da pessoa de referência da família no mercado de trabalho, como posição na ocupação e formalização, e sobre as despesas com saúde e educação, ora mais detalhadas, incluindo as parcelas não monetárias com os serviços.

As notas técnicas que acompanham a publicação sintetizam os procedimentos utilizados na coleta e tratamento dos dados da pesquisa, as conceituações das variáveis investigadas, entre outras considerações de natureza metodológica.

No portal do IBGE na Internet, são disponibilizados os instrumentos de coleta utilizados na POF 2017-2018, assim como os microdados da pesquisa, de modo a facilitar a exploração de sua base de dados segundo perspectivas diversas.