Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

ESTADIC - Pesquisa de Informações Básicas Estaduais

Sobre - 2020

A Pesquisa de Informações Básicas Estaduais - ESTADIC é um levantamento pormenorizado de registros administrativos sobre a estrutura, a dinâmica e o funcionamento das instituições públicas estaduais, em especial o governo do Estado, compreendendo, também, diferentes aspectos das políticas setoriais sob responsabilidade dessa esfera governamental. Seus resultados permitem a consolidação de uma base de dados estatísticos e cadastrais atualizados, com indicadores de avaliação e monitoramento dos quadros institucional e administrativo das Unidades da Federação sob a perspectiva da gestão.

Como consequência da pandemia global de COVID-19 que gerou impactos sobre a rotina de trabalho do IBGE e dos demais órgãos públicos no País, a coleta das informações desta oitava edição da pesquisa, ocorrida entre setembro de 2020 e março de 2021, foi efetuada por meio de questionário editável enviado por e-mail aos governos estaduais.

Com esta publicação, o IBGE divulga os resultados da pesquisa realizada em 2020 nesses 27 entes federados, tendo como norte a ampliação e a atualização permanente das variáveis investigadas desde 2012, quando da primeira edição do levantamento. Organizada em cinco capítulos – recursos humanos, habitação, transporte, agropecuária e meio ambiente –, a publicação apresenta análises vastamente ilustradas com tabelas, gráficos e cartogramas em que se destacam os aspectos mais relevantes dos resultados observados na presente investigação, bem como comparações com aqueles obtidos em inquéritos anteriores.

A publicação inclui notas técnicas com considerações metodológicas sobre a pesquisa e um glossário com os conceitos considerados essenciais para a compreensão de seus resultados. 

No portal do IBGE na Internet, além do presente volume, pode ser consultada, ainda, a base de dados completa da ESTADIC 2020.

As estatísticas ora divulgadas refletem as diferentes realidades do País e contribuem para a democratização da gestão pública por meio da formulação e do aprimoramento de políticas diferenciadas para questões específicas de suas populações.