Contas econômicas ambientais da água: Brasil - CEAA | 2013-2015

Menu do Produto

O que é

Sendo a água um componente-chave do desenvolvimento econômico, faz-se necessária a adoção de políticas que integrem o planejamento setorial à gestão dos recursos hídricos, tornando indispensável a incorporação de informações econômicas, sociais e hidrológicas para a gestão sustentável dos recursos naturais. Visando organizar tais informações, a Divisão de Estatístics das Nações Unidas (United Nations Statistics Division - UNSD) elaborou o manual System of environmental-economic accounting for water,SEEA-Water, cujas diretrizes possibilitam uma avaliação sistemática e periódica de indicadores-chave que envolvem a integração dos dados físicos e monetários da água.

Com o lançamento do presente informativo, o IBGE, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e a Agência Nacional de Águas - ANA e com o apoio da Agência Internacional de Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit - GIZ GmbH), divulga os primeiros resultados das Contas Econômicas Ambientais da Água - CEAA, referentes ao período de 2013 a 2015. Essas contas fornecem indicadores físicos e monetários sobre a oferta e a demanda de água no Brasil, pelas atividades econômicas e pelas famílias, e, por constituírem um conjunto inicial de dados sujeito a melhorias e ampliações, seus resultados são preliminares.

As informações ora divulgadas mostram a participação das atividades econômicas e das famílias nos fluxos de retiradas de água e de retornos ao meio ambiente, e em que condições, em termos de custos para os usuários, se dá a utilização dos recursos hídricos. Elas estão organizadas em três grupos: Tabelas de Estoques, Tabelas de Recursos e Usos Físicas - TRU Físicas, e Tabelas de Recursos e Usos Híbridas - TRU Híbridas. As Tabelas de Estoques apresentam os incrementos e as subtrações no estoque dos recursos hídricos; as Tabelas de Recursos e Usos Físicas - TRU Físicas informam as retiradas por captação do meio ambiente para a economia, os fluxos da água dentro da economia e o retorno da economia para o meio ambiente; e as Tabelas de Recursos e Usos Híbridas - TRU Híbridas relacionam, por fim, os valores monetários de produção, consumo e custos associados à atividade Água e esgoto. O detalhamento por atividades econômicas tem por base a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0 e as recomendações metodológicas do SEEA-Water.

Este informativo também está disponibilizado no portal do IBGE na Internet, que reúne, ainda, um vasto leque de informações sobre as CEAA, com tabelas de resultados para o período considerado e notas técnicas com considerações metodológicas, incluindo um glossário com as conceituações utilizadas na elaboração do presente estudo.