Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

IPCA - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo

Informações técnicas

Notas Técnicas

2020
2019
2018
2017
2016
2015
Anos Anteriores

Metodologia da pesquisa (Série Relatórios Metodológicos)

Notas Metodológicas - Metodologia de cálculo

Metodologia de geração do IPCA dessazonalizado.

Metodologia de cálculo da inflação dos subitens do SNIPC Empregado Doméstico e Mão de Obra para Reparos Domésticos a partir das informações de rendimentos da PNAD Contínua.

Estrutura de pesos regionais, segundo áreas pesquisadas IPCA / INPC - POF 2017-2018 

Áreas Pesquisadas Peso
INPC1 IPCA2
BRASIL 100,00 100,00
Rio Branco 0,72 0,51
Belém 6,95 3,94
São Luís 3,47 1,62
Fortaleza 5,16 3,23
Recife 5,60 3,92
Aracaju 1,29 1,03
Salvador 7,92 5,99
Belo Horizonte 10,35 9,69
Vitória 1,91 1,86
Rio de Janeiro 9,38 9,43
São Paulo 24,60 32,28
Curitiba 7,37 8,09
Porto Alegre 7,15 8,61
Campo Grande 1,73 1,57
Goiânia 4,43 4,17
Brasília 1,97 4,06

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços.

1 IBGE - População residente urbana (POF 2017-2018).

2 IBGE - Rendimento Monetário mensal familiar disponível(POF 2017-2018).

Estrutura de pesos regionais, segundo áreas pesquisadas IPCA-15 - POF 2017-2018 

Áreas Pesquisadas Peso
BRASIL 100,00
Belém 4,46
Fortaleza 3,88
Recife 4,71
Salvador 7,19
Belo Horizonte 10,04
Rio de Janeiro 9,77
São Paulo 33,45
Curitiba 8,09
Porto Alegre 8,61
Goiânia 4,96
Brasília 4,84

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços.

Arquivos complementares para geração das estruturas de ponderação - POF 2017-2018