Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

Bacias e Divisões Hidrográficas do Brasil | 2021

O que é

O produto Bacias e Divisões Hidrográficas do Brasil é fruto do Acordo de Cooperação Técnica entre a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – ANA e o IBGE.

A Divisão Hidrográfica Nacional - DHN já estava estabelecida em 12 Regiões Hidrográficas, pela Resolução n. 32, de 15.10.2003, do CNRH (Conselho Nacional de Recursos Hídricos), adotadas amplamente no País e, na parceria da ANA com o IBGE, foi implementado o detalhamento em mais dois níveis hierárquicos, com seus limites espaciais, nomes e códigos, conformando assim: Macrorregiões Hidrográficas, Mesorregiões Hidrográficas e Microrregiões Hidrográficas. Com isto, tais recortes hidrográficos passam a integrar o Quadro Geográfico de Referência para Produção, Análise e Disseminação de Estatísticas, divulgado pelo IBGE desde 2019.

Já a BHB250 disponibiliza ao público as principais bacias hidrográficas do Brasil, no sentido estrito do conceito: Área da superfície terrestre delimitada por divisores de águas que capta e escoa, por meio de vertentes, rios e córregos, as águas provenientes de precipitação para um exutório, único ponto de saída, localizado em um ponto mais baixo do relevo. Assim, diferentemente da DHN250, que considera fatores de ocupação do território e gestão dos recursos, essa base é voltada ao aspecto geomorfológico na delimitação das suas unidades. Dessa forma, estudos de aspectos hidrológicos e ambientais que exigem a utilização desse recorte natural para sua realização têm uma base de referência na escala 1: 250 000.

O conjunto de dados foi produzido a partir da Base Hidrográfica Ottocodificada (BHO) da ANA, que utiliza a metodologia de Otto Pfafstetter, proposta em 1989, para sua construção.