Pesquisa Anual de Serviços - PAS

Menu do Produto

O que é

A Pesquisa Anual de Serviços - a PAS levanta dados econômicos financeiros para conhecer detalhadamente o setor de serviços. Ela investiga anualmente empresas que atuam nos seguintes setores de serviços empresariais não financeiros: serviços prestados principalmente às famílias; serviços de informação e comunicação; serviços profissionais, administrativos e complementares; transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio; atividades imobiliárias; e, serviços de manutenção e reparação, além de outras atividades de serviços.

Seus resultados podem ser usados para o planejamentos e a orientação de políticas públicas. Além disso, são informações importantes para o setor privado e para a comunidade acadêmica e o público em geral, além de fornecer informações para as Contas Nacionais.Os resultados também são usados por entidades de representação empresarial e consultorias especializadas, por exemplo, para entender o comportamento das atividades de serviços no País.

O primeiro contato com as empresas é feito, presencialmente ou por telefone, por técnicos do IBGE que comunicam sobre a seleção da empresa para responder à pesquisa. Em seguida, é encaminhado um email com o link do portal do IBGE para que o informante faça o download do questionário a ser preenchido. Pode-se ainda optar por receber o questionário eletrônico em CD-ROM. As empresas preenchem o questionário e enviam o mesmo pelo próprio programa baixado do portal do IBGE, sem necessidade de contato com técnicos de pesquisa.

Eventualmente, caso a empresa apresente dificuldades para preencher o questionário eletrônico, os técnicos do IBGE podem orientar o informante no preenchimento do questionário.

O sigilo das informações fornecidas é garantido por lei e faz parte dos princípios internacionais das estatísticas oficiais que norteiam todo o trabalho realizado pelo IBGE.

Sobre a publicação - 2015

A Pesquisa Anual de Serviços - PAS constitui uma importante fonte de dados setoriais para a compreensão do comportamento do mercado formal sob a ótica da oferta de serviços não financeiros. Seus resultados são relevantes para o cálculo do Produto Interno Bruto - PIB, além de constituírem uma referência para a análise das atividades que compõem o setor de serviços, em termos de pessoal ocupado, valor da produção e renda na economia.

Com o lançamento do presente informativo, o IBGE traz a público comentários analíticos  sobre os principais resultados da pesquisa, contemplando, entre outros aspectos, dados sobre pessoal ocupado, salários, retiradas e outras remunerações, receitas e valor adicionado bruto. Esses resultados, cabe destacar, têm por base a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0 e foram organizados e tabulados em sete agrupamentos distintos: serviços prestados principalmente às famílias; serviços de informação e comunicação; serviços profissionais, administrativos e complementares; transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio; atividades imobiliárias; serviços de manutenção e reparação; e outras atividades de serviços. A análise está organizada em três partes: a primeira efetua uma comparação entre a estrutura produtiva do setor de serviços não financeiros no Brasil em 2007 e 2015; a segunda apresenta um ranking das principais atividades, segundo a receita operacional líquida do total da PAS para o mesmo período; e, por fim, a terceira parte traz uma avaliação da estrutura dos segmentos de serviços não financeiros em termos regionais.

Os informativos da PAS também são disponibilizados em meio impresso. As notas técnicas sobre a pesquisa são divulgadas em separado e podem ser acessadas apenas em meio digital, nesta página. Elas fornecem um amplo panorama metodológico da pesquisa, com informações sobre seu âmbito, unidade de investigação, classificação de atividades utilizada, conceitos e definições adotados, planejamento amostral, entre outros aspectos.

O IBGE disponibiliza ainda o plano tabular completo da PAS para cada um dos segmentos abarcados pela pesquisa, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação, bem como os resultados referentes às empresas com 20 ou mais pessoas ocupadas, considerando o período de 2013 a 2015. Os resultados retrospectivos possibilitam identificar algumas das transformações ocorridas no setor nesse período.

O conjunto dessas informações constitui a mais completa fonte de estatísticas sobre a estrutura produtiva do setor empresarial de serviços não financeiros no Brasil, fornecendo aos órgãos das esferas governamental e privada subsídios para o planejamento e a tomada de decisões, e, aos usuários em geral, informações para estudos setoriais mais aprofundados.

Principais resultados - 2015

#tabelasidra201795105717368

 


O IBGE adota uma política de revisão de dados divulgados desta operação estatística. Por revisão de dados entende-se toda e qualquer revisão programada de dados numéricos, em que são disponibilizadas novas informações que não estavam acessíveis quando da primeira divulgação, tais como: um dado tardio que substitui uma não resposta; ou um dado corrigido pelo próprio informante; ou um conjunto de dados que foi submetido a processo de crítica e imputação. Para informações mais detalhadas sobre a política de revisão de dados divulgados das operações estatísticas do IBGE,  consultar a relação das pesquisas conjunturais, estruturais e especiais realizadas pelo Instituto, com o respectivo procedimento de revisão adotado, no endereço: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298009.

Tabelas - 2015

Tabelas Completas (em formato XLS e ODS)

Tabelas 2015

Arquivos XLS

Arquivos ODS

Índice de tabelas 2015

 

Tabelas 2014

Arquivos XLS

Arquivos ODS

Índice de tabelas 2014

 

Tabelas 2013

Arquivos XLS

Arquivos ODS

Índice de tabelas 2013


O IBGE adota uma política de revisão de dados divulgados desta operação estatística. Por revisão de dados entende-se toda e qualquer revisão programada de dados numéricos, em que são disponibilizadas novas informações que não estavam acessíveis quando da primeira divulgação, tais como: um dado tardio que substitui uma não resposta; ou um dado corrigido pelo próprio informante; ou um conjunto de dados que foi submetido a processo de crítica e imputação. Para informações mais detalhadas sobre a política de revisão de dados divulgados das operações estatísticas do IBGE,  consultar a relação das pesquisas conjunturais, estruturais e especiais realizadas pelo Instituto, com o respectivo procedimento de revisão adotado, no endereço: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298009.

Quadros sintéticos - 2015

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Microdados - 2015

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Informações técnicas

    Metodologia da pesquisa (Série Relatórios Metodológicos, v. 33)


    As alterações ocorridas na pesquisa posteriormente à divulgação dos relatórios metodológicos são apresentadas sob a forma de Notas técnicas. Até 2014, essas notas constituem um capítulo próprio das publicações de resultados e, a partir de 2015, são divulgadas em separado. Para conhecê-las, consultar o seguinte endereço: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=7150

    Séries históricas

    #seriehistorica20178592632828

    #seriehistorica20178592755250

    #seriehistorica20178593425632

    #seriehistorica20178593536503

    #seriehistorica201772921659

    Microdados

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Portaria de precedência

    Downloads

    Conceitos e métodos - 2015

    Não foi possível acessar o serviço de metadados.

    Calendário

    Próximas divulgações

    Nenhuma divulgação futura


    Divulgações anteriores

    Operação estatísticaData da divulgação
    Pesquisa Anual de Serviços
    Período de referência: 2015
    22/09/2017

    Publicações - 2015

    Material de apoio

    Nenhum material de apoio cadastrado para esse item

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição