Matriz de Insumo-Produto

Menu do Produto

O que é

Em 2015, o IBGE publicou a nova série do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010. Sua divulgação incorporou os avanços metodológicos presentes no manual System of national accounts 2008, SNA 2008, e foi precedida de seminários técnicos realizados com usuários e especialistas, sendo complementada com a disponibilização, em 2016, de relatório metodológico sobre variados aspectos do Sistema.

Dando continuidade ao aprimoramento do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010, o IBGE divulga, nesta publicação, a Matriz de Insumo-Produto 2010. Seus resultados proporcionam uma visão detalhada da estrutura produtiva brasileira e permitem avaliar o grau de interligação setorial da economia e também os impactos de variações na demanda final dos produtos, mediante a identificação dos diversos fluxos de produção de bens. Essa publicação apresenta resultados para 12 atividades econômicas e 12 produtos, considerações metodológicas sobre o modelo matemático no qual o IBGE baseou-se para o cálculo da matriz de coeficientes técnicos, bem como os procedimentos utilizados na adaptação de sugestões teóricas à realidade brasileira.

O conjunto dessas informações também está disponível no portal do IBGE na Internet, onde podem ser consultadas, adicionalmente, tabelas com maior nível de detalhamento, nas seguintes versões: 20 atividades por 20 produtos e 67 atividades por 127 produtos.

Sobre a publicação - 2010

Em 2015, o IBGE publicou a nova série do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010. Sua divulgação incorporou os avanços metodológicos presentes no manual System of national accounts 2008, SNA 2008, e foi precedida de seminários técnicos realizados com usuários e especialistas, sendo complementada com a disponibilização, em 2016, de relatório metodológico sobre variados aspectos do Sistema.

Dando continuidade ao aprimoramento do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010, o IBGE divulga, nesta publicação, a Matriz de Insumo-Produto 2010. Seus resultados proporcionam uma visão detalhada da estrutura produtiva brasileira e permitem avaliar o grau de interligação setorial da economia e também os impactos de variações na demanda final dos produtos, mediante a identificação dos diversos fluxos de produção de bens. Essa publicação apresenta resultados para 12 atividades econômicas e 12 produtos, considerações metodológicas sobre o modelo matemático no qual o IBGE baseou-se para o cálculo da matriz de coeficientes técnicos, bem como os procedimentos utilizados na adaptação de sugestões teóricas à realidade brasileira.

O conjunto dessas informações também está disponível no portal do IBGE na Internet, onde podem ser consultadas, adicionalmente, tabelas com maior nível de detalhamento, nas seguintes versões: 20 atividades por 20 produtos e 67 atividades por 127 produtos.

Principais resultados - 2010

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Tabelas - 2010

Tabelas completas

  • Tabelas Nível 12 (xls | ods) (atualizada em 19/10/2016)
  • Tabelas Nível 20 (xls | ods) (atualizada em 19/10/2016)
  • Tabelas Nível 67 (xls | ods) (atualizada em 01/12/2016)
  • Índice de tabelas

Justificativas das atualizações:

01/12/2016:
No arquivo da Matriz insumo-produto, em um dos três níveis de divulgação, nível 67, foi verificado erro na planilha 01 e na planilha 02.

A planilha 01 que contém a Tabela 01 – Recursos de bens e serviços – 2010 apresenta valor errado na coluna de importação a partir da linha 98 até a linha 129. O erro aconteceu porque a partir da linha do produto “comércio por atacado e varejo” o valor de importação do produto “pula uma linha” e prejudica as seguintes. Consequentemente, o mesmo erro se repete nas colunas “Oferta total a preço de consumidor” e “Oferta total a preço básico”, pois ambas incluem o valor da importação dos produtos.

A planilha 02 que contém a Tabela 02 - Usos de bens e serviços – 2010 apresenta valor errado na coluna de consumo intermediário da atividade 4580 (Comércio por atacado e varejo) em dois produtos: Comércio por atacado e varejo (código 45801), e Transporte terrestre de carga (código 49001)

Optou-se por substituir somente no nível de divulgação 67 as planilhas 01 e 02 do arquivo “MatInsProd2010_67”.

Cabe destacar que todas as outras planilhas estão corretas, isto é o conteúdo da informação que é objetivo da publicação permanece inalterado.

19/10/2016: Parte da Tabela 02 (Usos de bens e serviços – 2010), nos três arquivos da Matriz Insumo-Produto (níveis de publicação 12, 20 e 67) apresenta, para os componentes rendimento misto e excedente operacional bruto, nas atividades: Agropecuária e Construção, valores desatualizados em relação ao que está publicado no Sistema de Contas Nacionais – Brasil – 2010-2013. Optou-se por manter a Tabela 02 apenas na Tabela de Recursos e Usos das Contas Nacionais por serem iguais e para não haver duplicidade de informações.

Quadros sintéticos - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Microdados - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Informações técnicas

    Metodologia (Série Relatórios Metodológicos, v. 18)

    • Matriz de insumo-produto: Brasil, 1. ed., 1997

    Metodologia (Série Relatórios Metodológicos, v. 7)

    • Matriz de insumo-produto: Brasil 1980, 1. ed., 1989 

    As alterações ocorridas na elaboração das Matrizes de Insumo-Produto posteriormente à divulgação dos relatórios metodológicos são apresentadas sob a forma de Notas técnicas, quando da divulgação de seus resultados. 

    Séries históricas

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Microdados

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Portaria de precedência

    Downloads

    Conceitos e métodos - 2010

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Calendário

    Próximas divulgações

    Nenhuma divulgação futura


    Divulgações anteriores

    Nenhuma divulgação passada

    Publicações - 2010

    Material de apoio

    Nenhum material de apoio cadastrado para esse item

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição