System of Quarterly National Accounts - SCNT

Menu do Produto

Description

It presents the current values and the quarterly volume indexes (1995=100) for the Gross Domestic Product at market prices, excise tax, value added at basic prices, personal consumption, government consumption, gross fixed capital formation, stock change, exports and imports of goods and services. Two series of index numbers are calculated: based on the previous year and linked with reference to 2010 (1995 = 100). The linked series is adjusted seasonally by X13-ARIMA making it possible to calculate the change rates in relation to the immediately previous quarter.

In the IBGE, the survey was started in 1988 and restructured since 1998, when its current results were integrated to the System of National Accounts, of annual periodicity.

Maintaining the compatibility with the Annual System, the Quarterly National Accounts were also reformulated in 2015, adopting the SNA 2008 International Manual and changing to reference 2010.

The annual weights are obtained through this new system of accounts.

About - Q1 2019

No content available

Main results - Q1 2019

#tabelasidra2017104151749861

  


The IBGE adopts a review policy of the data disclosed by this statistical operation. Data review means any and all scheduled revision of numerical data due to new information, which was not accessible at the time of the first disclosure. For instance: late data that replaces a non-response; or data corrected by the informant himself; or a set of data that has undergone editing and imputation. For more detailed information about the published data review policy of the IBGE statistical operations, check the list of short-term, long-term and special surveys carried out by the Institute with their respective revision procedure on: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298009.

Tables - Q1 2019

Q1 2019

Complete Tables (tables with up-to-date data)

Tables

Table of Resources and Uses - Current Values

Support material


The IBGE adopts a review policy of the data disclosed by this statistical operation. Data review means any and all scheduled revision of numerical data due to new information, which was not accessible at the time of the first disclosure. For instance: late data that replaces a non-response; or data corrected by the informant himself; or a set of data that has undergone editing and imputation. For more detailed information about the published data review policy of the IBGE statistical operations, check the list of short-term, long-term and special surveys carried out by the Institute with their respective revision procedure on: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298009.

Summary Tables - Q1 2019

    No content available

    Microdata - Q1 2019

    No content available

    Technical Information

    Revision - Quarterly National Accounts - 3rd quarter 2013

    Technical Note (in PDF format)


    Revision - System of Quarterly National Accounts

    The schedule of the Quarterly Accounts used to include a yearly revision the data published in previous series. This revision took place in November, together with the publication of data for the third quarter of each year.

    However, because of the inclusion of significantly changed data series, it has been decided that, starting from the coming edition of the Quarterly National Accounts, relative to the fourth quarter of 2004, all the publications will include revisions of the series released in the immediately previous quarter. As a result, the publication of March 01 will bring the revision of data relative to the third quarter of 2004. The objective of this revision is to update the series of surveys used to calculate the Quarterly National Accounts.

    The series with seasonal adjustment will still be subject to changes in previous data as a result of the incorporation of new indicators; methodological improvements might be introduced in the publication relative to the third quarter of each year.

    Directorate of Surveys
    January 26, 2005


    Inclusion of the new PIM-PF series in the National Accounts

    IBGE will incorporate the new series results of the Monthly Survey of Industry – Physical Production (PIM-PF) into the Quarterly and Annual Systems of National Accounts, according to their schedule of revisions.

    For the first and the second quarters of 2004, IBGE will adopt the changes of the new series of the Survey of Industry, keeping, however, the structure used in 2003 which has been already calculated and released in this year’s edition of the Quarterly Accounts. The incorporation of changes of the new series of PIM-PF in the first two quarters of 2004 will consist of the comparison of the output in each one of these two periods with the average of 2003, considering information of the new monthly series.

    The results of the System of Annual National Accounts are commonly revised and released in the end of the second semester every year, due to the availability of information sources.

    This way, the results of the Monthly Survey of Industry new series will have already been incorporated, in November 2004, at the release of the preliminary version of Quarterly National Accounts 2003.

    The following step is the inclusion of PIM data in the series of quarterly accounts in such a way that, in the release of the third quarter of 2004, the series of Quarterly National Accounts will cover the new annual data and the revision of estimates relative to the first and second quarters of 2004.

    Directorate of Surveys
    April 28, 2004


    Methodological Report Series


    PIM-PF - Classification of the System of National Accounts

    Starting from the July 2004 edition of the Monthly Survey of Industry – Physical Production (PIM-PF), IBGE will release on its web site, every month, the series of fixed-base PIM-PF indicators harmonized with the classification by group of products adopted in the System of National Accounts. The data, released from January 2002 on, will be available at Indicators – Quarterly National Accounts – SCNT.

    PIM-PF classification of the SNA (moving basis)

    Directorate of Surveys
    September 9, 2004

    Time series

    #tabelasidra201710116110527

    #tabelasidra201803143248876

    #tabelasidra201710116357141

    #tabelasidra20171011644399

     

    Microdata

    No content available

    Ordinance on pre-release access (in Portuguese)

    Divulgação dos resultados de indicadores conjunturais

     

    Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
    GABINETE DO MINISTRO
    PORTARIA Nº 355, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2007
    (Publicada no Diário Oficial da União nº 213, Seção 1, de 06.11.2007)

     

    O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II, do artigo 87 da Constituição Federal, resolve:

    Art. 1º - A divulgação dos resultados de indicadores conjunturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE seguirá as seguintes etapas:

    I - às sete horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados, acompanhados de um sumário-executivo elaborado pelo IBGE, para as autoridades da lista de precedência;

    II - às nove horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados para os órgãos de imprensa e disseminados na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br.

    § 1º. Os técnicos do IBGE estarão disponíveis para prestar esclarecimentos aos usuários sobre os resultados da pesquisa divulgada a partir do encaminhamento de que trata o inciso II do caput.

    § 2º. O disposto nesta portaria aplica-se a qualquer indicador conjuntural produzido pelo IBGE, especialmente aos seguintes:

    I - Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);

    II - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA);

    III - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E);

    IV - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15);

    V - Pesquisa Mensal de Emprego (PME);

    VI - Contas Nacionais Trimestrais;

    VII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil);

    VIII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional);

    IX - Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário - (PIMES);

    X - Pesquisa Mensal de Comércio (PMC);

    XI - Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI);

    XII - Conjuntura Agropecuária (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal; Pesquisa Trimestral de Abate de Animais; Pesquisa Trimestral de Leite; Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha; Pesquisa Trimestral do Couro).

    Art. 2° - A relação das autoridades constantes da lista de precedência específica a cada pesquisa de indicadores conjunturais, será divulgada por intermédio de Nota Oficial da Instituição e disseminada no portal do IBGE na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br

    Art. 3º - As autoridades constantes da lista de precedência deverão observar o mais rigoroso sigilo das informações referentes aos indicadores de que trata esta Portaria, nos termos do disposto na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

    Art. 4º - Revogam-se as Portarias nº 164/MP, de 20 de dezembro de 1999, e nº 167/MP, de 5 de setembro de 2003.

    Art. 5º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     

    PAULO BERNARDO SILVA 


     O IBGE divulga a relação das autoridades que recebem com precedência os resultados das pesquisas conjunturais produzidas por esta Instituição: 

    Ministro de Estado da Economia - Paulo Roberto Nunes Guedes

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Tereza Cristina

    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República - Onyx Lorenzoni

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Presidente do Banco Central - Roberto de Oliveira Campos Neto

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Presidente da Caixa Econômica Federal - Pedro Guimarães

      Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)

     

    Ministro de Estado do Turismo - Marcelo Álvaro Antônio

    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)

     

    Susana Cordeiro Guerra
    Presidente do IBGE
    Atualizado em 11 de março de 2019

      

    Divulgação dos resultados de indicadores estruturais

     

    Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
    GABINETE DO MINISTRO
    PORTARIA Nº 15, DE 27 DE JANEIRO DE 2005
    (Publicada no Diário Oficial da União edição número 20 de 28/01/2005)

     

    O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos I e II, da Constituição e considerando o disposto no art. 27, inciso XVII, alínea "c", da Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, resolve:

    Art. 1º - Disciplinar os procedimentos a serem observados na divulgação dos resultados de indicadores estruturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

    Art. 2º Os resultados serão encaminhados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ao Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, com antecedência mínima de quarenta e oito horas do horário fixado no art. 3º, inciso I, desta Portaria.

    Art. 3º No dia da divulgação dos resultados dos indicadores de que trata esta Portaria, serão observados:

    I - liberação para a imprensa e disponibilização pela Internet, no endereço: (https://www.ibge.gov.br), às 10 horas;

    II - os técnicos do IBGE somente poderão prestar esclarecimentos sobre os resultados dos indicadores estruturais após a liberação e publicação na forma do inciso I.

    Art. 4º Os servidores que tenham conhecimento prévio dos resultados deverão manter rigoroso sigilo, sob pena de responsabilidade nos termos da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

    Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     

    NELSON MACHADO

     

     

    Downloads

    Concepts and methods - Q1 2019

    As informações a seguir descrevem os metadados estatísticos, que são o conjunto de conceitos, métodos e aspectos relacionados às estatísticas, e são informações necessárias para compreender as características e a qualidade das estatísticas e interpretá-las corretamente.

    Informações Gerais

    Objetivo
    O Sistema de Contas Nacionais apresenta informações sobre a geração, distribuição e uso da renda no País. Há também dados sobre a acumulação de ativos não financeiros e sobre as relações entre a economia nacional e o resto do mundo. As Contas Nacionais Trimestrais apresentam os valores correntes e os índices de volume (média de 1995=100), trimestralmente, para o Produto Interno Bruto a preços de mercado, impostos sobre produtos, valor adicionado a preços básicos, consumo pessoal, consumo do governo, formação bruta de capital fixo, variação de estoques, exportações e importações de bens e serviços; bem como as Contas Econômicas Integradas e a Conta Financeira Trimestral.
    Tipo de operação estatística
    Sistema de contas nacionais
    Tipo de dados
    Outro tipo de dados
    Periodicidade de divulgação
    Trimestral

    Metodologia

    Os dados das Contas Nacionais Trimestrais (CNT) são apresentados em valores correntes, valores constantes (a preço de 1995), taxas de variação e séries encadeadas de índices de volume. Os dados são compilados pelas óticas da produção (oferta) e da despesa (demanda) e cobrem toda a economia brasileira, bem como a sua relação com o resto do mundo.
    O Produto Interno Bruto (PIB), em valores correntes, mede a renda total gerada pela economia no trimestre. Os dados trimestrais são ajustados para os totais anuais (Sistema de Contas Nacionais Anuais- SCN), usando o procedimento estatístico de benchmarking (Denton).
    As estimativas das CNT seguem as recomendações internacionais reunidas no mais recente manual das Nações Unidas - Sistema de Contas Nacionais (SNA 2008).Todas as transações definidas no SNA para a produção (transações mercantis e não mercantis) são registradas em regime de competência, exceto as receitas do governo, que são registradas em regime de caixa.
    Todas as séries das CNT são divulgadas em três grupos de atividades (Agropecuária, Indústria e Serviços). A Indústria é desagregada nos seguintes subgrupos: Indústrias extrativas; Indústrias de transformação; Construção e Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos. Por sua vez, os Serviços são desagregados da seguinte forma: Comércio; Transporte, armazenagem e correio; Informação e comunicação; Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados; Atividades imobiliárias; Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social; e Outras atividades de serviços.
    Os dados da demanda final são divulgados desagregados no Consumo das Famílias, Consumo do Governo, Formação Bruta de Capital Fixo, Importações e Exportações.
    A classificação segue a CNAE 2.0, compatível com a ISIC revisão 4. Os dados para todas as séries são dessazonalizados pelo método X13-Arima.
    A cobertura geográfica compreende todo o país.
    Técnica de coleta:
    Não se aplica

    Temas

    Temas e subtemas
    Contas Nacionais, Estatísticas macroeconômicas
    Principais variáveis
    Produto Interno Bruto a preços de mercado, impostos sobre produtos, valor relacionado a preços básicos, consumo pessoal, formação bruta de capital fixo, exportações e importações. Divulgadas em valores correntes, índices de base fixa trimestral (média de 1995=100) com e sem ajuste sazonal; taxas comparando trimestre com igual trimestre do ano anterior e com o imediatamente anterior e variação acumulada até o trimestre com igual período do ano anterior e nos últimos quatro trimestres.

    Unidades de informação

    Unidade de investigação
    Não se aplica
    Unidade de análise
    Não se aplica
    Unidade informante
    Não se aplica.

    Períodos de referência

    Trimestre - 01/01/2019 a 31/03/2019

    Disseminação

    Nível de desagregação geográfica
    Nacional
    Nível de divulgação
    Resultados produzidos em âmbito nacional.

    Histórico

    O Sistema de Contas Nacionais Trimestrais foi desenvolvido em dois períodos bem-definidos. A metodologia adotada para o cálculo do Produto Interno Bruto - PIB do primeiro período era coerente com o Sistema de Contas Nacionais Consolidado, desenvolvido e calculado
    pelo Centro de Contas Nacionais, da Fundação Getulio Vargas - FGV, até o ano de 1986. A partir do mês de dezembro do ano citado, o IBGE assumiu a responsabilidade pelo cálculo das Contas Nacionais, visto que já vinha desenvolvendo, desde a década de 1980, projeto de implementação
    de um sistema de contas mais completo, integrando as Tabelas de Recursos e Usos (Tabelas de Insumo-Produto) ao corpo central do Sistema, conforme recomendações do Sistema de Contas
    Nacionais das Nações Unidas. O período seguinte é caracterizado pela integração ao Sistema de Contas Nacionais, calculado pelo IBGE, de acordo com as recomendações das Nações Unidas expressas nos manuais System of national accounts - SNA 1993 e 2008.
    Os dados trimestrais do primeiro período, ajustados aos do Sistema de Contas Nacionais Consolidado eram restritos à apresentação dos índices de volume da produção das atividades econômicas, considerando que o PIB a preços de mercado tivesse a mesma variação que o total de produção.
    Nesse período, os índices eram publicados para as seguintes atividades: Agricultura, Extrativa Mineral, Transformação, Construção,Serviços Industriais de Utilidade Pública e Serviços. Da agregação desses grupos, obtinha-se o valor adicionado a preços básicos. Como não se dispunha de um procedimento que calculasse um índice de volume para os impostos sobre produtos, admitia-se que estes variassem com o valor adicionado a preços básicos, ou seja, a variação do PIB era a mesma do valor adicionado a preços básicos.
    As séries eram calculadas com os pesos e a base de comparação fixos em 1980, por meio da formulação de Laspeyres. O ajustamento sazonal era feito com o método X11 aplicado aos subsetores em seu modo default. Os setores eram calculados por combinação linear dos subsetores com os pesos de 1980.
    No segundo período, a partir de dezembro de 1997, o IBGE passou a divulgar o Sistema de Contas Nacionais, com base nas recomendações do SNA 1993, apresentando Tabelas de Recursos e Usos - TRU anuais. Com a disponibilidade da série do Sistema de Contas Nacionais desde 1990, os índices trimestrais passaram a ser calculados admitindo como peso o valor adicionado a preços básicos do ano anterior. Este procedimento de atualização dos pesos é definido como base móvel.
    A metodologia de estimação dos índices, no entanto, continuava admitindo que a variação do valor adicionado a preços básicos era obtida dos índices da produção por atividade econômica.
    A série de índices encadeados, calculada a partir dos índices base móvel, passou a ser divulgada também, porém, com base de referência em 1990 (1990=100).
    O ajuste sazonal passou a ser feito pelo método direto X-12-ARIMA, programa de ajustamento sazonal do U. S. Census Bureau, em cada uma das séries encadeadas. A opção por dessazonalizar cada série é uma necessidade da perda da propriedade de aditividade nas séries encadeadas.
    Essas mudanças permaneceram inalteradas até setembro de 2001.
    Durante o ano de 2001, desenvolveu-se uma adaptação da metodologia adotada nas contas anuais para o Sistema de Contas Nacionais Trimestrais. O novo procedimento, implementado a partir de setembro de 2001, possibilitou a divulgação de índices de volume para os impostos sobre produtos; para o PIB; para os componentes da demanda final (despesa de consumo final das famílias, despesa de consumo final do governo, exportações de bens e serviços, formação bruta de capital fixo e variações de estoques) e para as importações de bens e serviços. Além da adoção desse novo procedimento, os dados foram divulgados em valores correntes.
    A partir do quarto trimestre de 2002, foram elaboradas e divulgadas as Contas Econômicas Integradas - CEI trimestrais para a economia brasileira e, no primeiro trimestre de 2003, divulgada a conta financeira trimestral.
    Em março de 2007, foi divulgada a nova série das Contas Nacionais Trimestrais - referência 2000 totalmente compatível com a reformulação implementada no Sistema de Contas Nacionais. O Sistema de Contas Nacionais Trimestrais passou a ser divulgado em uma única publicação trimestral, em torno de 60 dias após o fechamento do trimestre, englobando as séries em volume e valores correntes, totalizando quatro divulgações no ano.
    O IBGE, em março de 2015, publicou os resultados da nova série das Contas Nacionais Trimestrais – referência 2010, em conformidade com as recomendações do manual internacional SNA 2008 adotadas no Sistema de Contas Nacionais. As principais modificações em relação à série anterior são: mudança de classificação de produtos e atividades, passando a ser integrada à Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0 do IBGE; atualizações de conceitos e de alguns algoritmos de cálculo e introdução de novas fontes de dados e o uso do X-13 ARIMA para o ajuste sazonal.
    O Sistema de Contas Nacionais Trimestrais passou a publicar, na divulgação do quarto trimestre de cada ano, a Tabela de Recursos e Usos (12X12) em valores correntes para o ano.

    Saiba mais

    https://metadados.ibge.gov.br/consulta/estatisticos/operacoes-estatisticas/ST

    Calendar

    Future releases

    Statistical operationEstimated release date
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 4/2019 a 6/2019
    29/08/2019
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 7/2019 a 9/2019
    03/12/2019

    Previous releases

    Statistical operationRelease date
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 1/2019 a 3/2019
    30/05/2019
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 10/2018 a 12/2018
    28/02/2019
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 7/2018 a 9/2018
    30/11/2018
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 4/2018 a 6/2018
    31/08/2018
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 1/2018 a 3/2018
    30/05/2018
    Quarterly National Accounts
    Período de referência: 10/2017 a 12/2017
    01/03/2018

    Publications - Q1 2019

    Support material

    No support material available

    Errata

    • Replacement of the complete publication in PDF of the Quarterly National Accounts (Indicators of Volume and Current Values)

      Published date: 28/02/2019 06:02

      Description:
      Error in the content of Table II.1, “'Table II.1 - Components of the Gross Fixed Capital Formation (2015-2018)”.
      Actions: The file with the corrections was replaced in the IBGE portal.

    • Correction in the table of the release of the 2018 GDP

      Published date: 28/02/2019 12:02

      Description:
      In the quarter/immediately previous quarter compariosn (w/ seasonal adjustment) in the first table of the release of the 2018 GDP, the consumption of housholds rose 0.4% and not 3.6%, and the consumption of government dropped 0.3% and not 6.6%.
      Actions: Table corrected on February 28, 2019 at 9:07am.

    • Replacement of Tables Brazil, Tables by FU and Major Regions and Tables of Metropolitan Areas in the Quarterly PNAD-C

      Published date: 17/08/2016 06:08

      Description: Title change in the summary tables for Tables Brazil, Tables by Major Regions and Tables by Federation Units. Correction of figures of the Metropolitan Area of Greater Vitória.

      Actions: Files amended and replaced and update note included in the page giving access to the files.