Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

Quarterly Survey of Milk

Tables - Q1 2024

#tabelasidra201974134515512


The IBGE adopts a review policy of the data disclosed by this statistical operation. Data review means any and all scheduled revision of numerical data due to new information, which was not accessible at the time of the first disclosure. For instance: late data that replaces a non-response; or data corrected by the informant himself; or a set of data that has undergone editing and imputation. For more detailed information about the published data review policy of the IBGE statistical operations, check the list of short-term, long-term and special surveys carried out by the Institute with their respective revision procedure on: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298009.

Concepts and methods - Q1 2024

As informações a seguir descrevem os metadados estatísticos, que são o conjunto de conceitos, métodos e aspectos relacionados às estatísticas, e são informações necessárias para compreender as características e a qualidade das estatísticas e interpretá-las corretamente.

Informações Gerais

Objetivo
O objetivo da Pesquisa Trimestral do Leite é obter informações estatísticas relativas às quantidades de leite cru, resfriado ou não, adquiridas e industrializadas. A partir de 2019, a Pesquisa passou a investigar também o preço médio do leite cru pago aos produtores de leite pelas indústrias de laticínios, variável divulgada apenas como estatística experimental. As informações produzidas fornecem aos órgãos do governo e entidades do setor privado subsídios para o acompanhamento e análise da evolução do setor leiteiro, bem como constituem-se em elemento integrante no cálculo do Produto Interno Bruto da Agropecuária.
Tipo de operação estatística
Pesquisa de pecuária e aquicultura
Tipo de dados
Dados de Censo
Periodicidade de divulgação
Trimestral
População-alvo
Estabelecimentos que adquirem e industrializam leite cru sob inspeção sanitária federal, estadual ou municipal.

Metodologia

A Pesquisa Trimestral do Leite investiga um painel de informantes composto por todos os estabelecimentos que adquirem e industrializam leite cru ou resfriado e estão sob inspeção sanitária federal, estadual ou municipal. O cadastro é atualizado continuamente com dados do Ministério da Agricultura (SIF) e das secretarias estaduais/municipais de agricultura (SIE e SIM). Como a industrialização do leite é, por lei, obrigatoriamente fiscalizada, e todos os estabelecimentos cadastrados são investigados, sem amostragem ou corte, a pesquisa representa o universo da aquisição e industrialização formal de leite cru do País. O leite não inspecionado pela fiscalização sanitária (informal) não é contabilizado ou estimado pela pesquisa. Os dados são coletados de diversas formas: presencialmente, pelas agências do IBGE através de visita a informante e entrevista pessoal; por autopreenchimento pelos informantes de questionários on-line em navegador web; pelo envio de planilhas eletrônicas pelas empresas, com os dados de suas unidades locais. Os dados coletados presencialmente são digitados nas agências em um sistema on-line próprio desenvolvido pelo IBGE. Este mesmo sistema importa as planilhas eletrônicas padronizadas e recebe os questionários on-line, e permite a crítica e apuração dos dados. Os dados são armazenados em banco de dados Oracle®.
O cadastro teve como base os estabelecimentos inspecionados pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF) do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) do Ministério da Agricultura, Pecuária Abastecimento – MAPA, dos cadastros dos estabelecimentos inspecionados pelo Serviço de Inspeção Estadual (SIE) das secretarias estaduais de agricultura e do cadastro dos estabelecimentos inspecionados pelo Serviço de inspeção Municipal (SIM) das secretarias municipais de agricultura. Os dados da presente pesquisa não devem ser comparados aos da antiga Pesquisa de Leite, visto que as duas pesquisas guardam características distintas, não permitindo qualquer avaliação em conjunto.
Técnica de coleta:
CASI - Questionário eletrônico autopreenchido, PAPI - Entrevista pessoal com questionário em papel, Fax ou correio eletrônico, Telefone
Crítica e imputação
A imputação está prevista nos casos em que, por alguma dificuldade na coleta ou recusa na prestação das informações, o questionário do estabelecimento não foi preenchido, e o estabelecimento é responsável por 1% ou mais da produção da UF.
Os dados são imputados com base nas informações do mesmo trimestre do ano anterior, ou, nos casos em que não existam informações no mesmo trimestre do ano anterior, a imputação então é baseada nos dados do trimestre imediatamente anterior, aplicando-se um fator de correção de acordo com as variações observadas nos estabelecimentos que responderam a pesquisa no trimestre.
A imputação pode ocorrer também com o auxílio de registros administrativos, que contenham dados de produção dos estabelecimentos inspecionados. Exemplo: Registro administrativo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).
Obs: A imputação não é realizada para a variável "preço do leite cru pago ao produtor".

Temas

Temas e subtemas
Estatísticas econômicas setoriais, Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura
Principais variáveis
· quantidade de leite cru adquirida;
· quantidade de leite cru recebida por transferência;
· quantidade de leite cru destinada à industrialização;
· quantidade de leite cru vendida ou transferida;
. Preço pago ao produtor (R$/Litro) - variável incluída a partir do 1º trimestre de 2019.

Unidades de informação

Unidade de investigação
Estabelecimento
Unidade de análise
Unidade da Federação
Unidade informante
Estabelecimento.

Períodos de referência

Trimestre - 01/01/2024 a 31/03/2024
Data de início da coleta
01/04/2024
Data do fim da coleta
30/04/2024

Disseminação

Formas de disseminação
Publicação Digital (online), Banco de Dados Agregados - SIDRA
Nível de desagregação geográfica
Unidade da Federação
Nível de divulgação
Os resultados são divulgados em nível Brasil e Unidades da Federação. Os primeiros resultados são divulgados apenas em nível Brasil.

Instrumentos de coleta

Histórico

De 1976 a 1996, o IBGE levantou informações sobre o setor leiteiro através da Pesquisa Mensal de Leite, que coletava informações em todos os estabelecimentos que efetuavam o beneficiamento do leite.
A Pesquisa Trimestral do Leite, iniciada no ano de 1997 a partir da reformulação da Pesquisa Mensal do Leite, investiga somente os estabelecimentos que beneficiam o leite e estão sob inspeção sanitária federal, estadual ou municipal.
O cadastro ora utilizado na pesquisa teve como base o cadastro de estabelecimentos inspecionados pelo DIPOA - Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal e pelas Delegacias Regionais, do Ministério da Agricultura, Abastecimento e Reforma Agrária - MAARA.
A partir do 1º trimestre de 2018, atendendo solicitações de usuários de acesso às informações da conjuntura da Pecuária mais rapidamente após o fim do trimestre de referência, passaram a ser divulgados os Primeiros Resultados da Pesquisa Trimestral do Leite para nível Brasil. Os primeiros resultados estarão disponíveis cerca de um mês antes da divulgação geral.
Em 2019, o questionário da Pesquisa Trimestral do Leite foi reformulado, passando a consultar as empresas sobre o preço médio pago, mensalmente, pela matéria-prima adquirida (leite cru in natura, resfriado ou não). Desde então, a variável investigada foi utilizada apenas internamente para subsidiar a coleta e a crítica dos dados da Pesquisa da Pecuária Municipal - PPM. Os resultados passaram a ser divulgados como estatística experimental, no mesmo dia da divulgação dos resultados completos da Pesquisa Trimestral do Leite, a partir do 4° trimestre de 2021, porém com os dados completos da série que iniciou em 2019. Essas informações estão disponíveis apenas na página da pesquisa no portal do IBGE e em formato de planilha.



Saiba mais

https://metadados.ibge.gov.br/consulta/estatisticos/operacoes-estatisticas/LT

Publications - Q1 2024

Description

The survey investigates information on the quantity of raw fluid milk, having as collection unit the establishments that industrialize cow's milk under federal, state or municipal sanitary inspection.

The Monthly Survey of Milk began in 1976 and investigated, using the census strategy, the quantity of milk purchased and/or received for processing; the quantity of milk destined for industrialization in the establishment itself; the quantity of milk transferred and/or marketed; and the amount of milk stored. Over time, changes and improvements have occurred in various aspects of the survey - scope; list of informants; frequency of results; methodology; conceptualizations; collection instruments -, which also reflected in its current denomination. Due to the methodological changes, the data from the Quarterly Survey of Milk, implemented in 1997, should not be compared to those of the Monthly Survey of Milk, since they have different characteristics, both in relation to their lists and to the variables investigated. More recently, in 2013, the on-line questionnaire was introduced, and the informant was given the option of data completion on the Internet.

The survey provides information on the quantities of raw milk procured, raw milk received by transfer, raw milk intended for industrialization, and raw milk sold or transferred to other establishments. The establishments which only carry out the cooling of the milk (cooling stations) for the company to which they belong, or for third parties are not considered in the investigation.

The survey is carried out quarterly, and for each quarter of the calendar year the data are broken down month by month. Its geographic coverage is national, being conditioned to a systematically updated panel, with inclusions and exclusions of establishments due to the dynamics of this productive activity. The results are disclosed, preliminarily, to Brazil and Federation Units, with a gap of one quarter between the data collection and its disclosure. The aggregate results of the reference year are released when the results of the last quarter of the year are put out. It should be noted that the data are not definitive, and may undergo changes until the results of the first quarter of the year after the survey's reference year are disclosed.

Meeting users' demands for a sooner access to livestock information, from the first quarter of 2018 on, the First Results of the Quarterly Survey of Milk for the Brazil level have become available. They are disclosed right after the end of the reference quarter, about a month before the general disclosure.

Time series

#seriehistorica20178315217188

#seriehistorica201783152142458

Note: the time series are only related to the complete results of the survey.

Downloads

News and Releases

Complete results

In 2023, cattle slaughter grows and slaughter of hogs, pigs and chicken hits record

In 2023, 34.06 million cattle head were slaughtered, an increase of 13.7% compared to the previous year,...

14/03/2024

Complete results

In 2023, cattle slaughter grows and slaughter of hogs, pigs and chicken hits record

Cattle slaughter continued to grow in 2023 and reached 34.06 million head, an increase of 13.7% compared...

14/03/2024

First results

Quarterly livestock surveys: slaughter of cattle and hogs and pigs up, chickens down in Q4 2023

The first results of livestock production in the fourth quarter of 2023 showed that cattle slaughter...

09/02/2024

First results

Slaughter of cattle and hogs and pigs grows in Q4 2023

According to the preliminary results of the Statistics of the Livestock Production, released today (9)...

09/02/2024

Complete results

Livestock quarterly surveys: cattle slaughter and that of hogs and pigs were record in Q3 2023

In the third quarter of 2023, cattle slaughter increased 12.2%, that of hogs and pigs, 0.5% and that...

07/12/2023

Complete results

Animal slaughter grows in the third quarter, record of cattle and hogs and pigs

In the third quarter this year, cattle slaughter grew 12.2% in relation to the same period in 2022, adding...

07/12/2023

First results

Slaughter of cattle, chickens and hogs and pigs grows in Q3 2023

Compared to the same quarter in 2022, cattle slaughter grew 11.1%, chicken slaughter increased 3.1% and...

09/11/2023

First results

Q3 2023 records growth in the slaughter of cattle, chickens and hogs and pigs

Cattle slaughter rose 11.1% and chicken slaughter rose 3.1% in the 3rd quarter of 2023, compared to the...

09/11/2023

Complete results

Cattle and chicken slaughter up, hogs and pigs down in Q2 2023

In the second quarter of 2023, chicken slaughter rose 4.7%, that of cattle increased 12.6% and that of...

06/09/2023

Complete results

Cattle slaughter grows 12.6% in Q2, hogs and pigs falls for the first time since 2014 in the annual comparison

Cattle slaughter reached 8.36 million head in the second quarter of 2023, a rise of 12.6% in relation...

06/09/2023

See more releases

Errata

Ordinance on pre-release access (in Portuguese)

Divulgação dos resultados de indicadores conjunturais

 

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
GABINETE DO MINISTRO
PORTARIA Nº 355, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2007
(Publicada no Diário Oficial da União nº 213, Seção 1, de 06.11.2007)

 

O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II, do artigo 87 da Constituição Federal, resolve:

Art. 1º - A divulgação dos resultados de indicadores conjunturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE seguirá as seguintes etapas:

I - às sete horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados, acompanhados de um sumário-executivo elaborado pelo IBGE, para as autoridades da lista de precedência;

II - às nove horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados para os órgãos de imprensa e disseminados na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br.

§ 1º. Os técnicos do IBGE estarão disponíveis para prestar esclarecimentos aos usuários sobre os resultados da pesquisa divulgada a partir do encaminhamento de que trata o inciso II do caput.

§ 2º. O disposto nesta portaria aplica-se a qualquer indicador conjuntural produzido pelo IBGE, especialmente aos seguintes:

I - Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);

II - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA);

III - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E);

IV - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15);

V - Pesquisa Mensal de Emprego (PME);

VI - Contas Nacionais Trimestrais;

VII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil);

VIII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional);

IX - Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário - (PIMES);

X - Pesquisa Mensal de Comércio (PMC);

XI - Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI);

XII - Conjuntura Agropecuária (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal; Pesquisa Trimestral de Abate de Animais; Pesquisa Trimestral de Leite; Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha; Pesquisa Trimestral do Couro).

Art. 2° - A relação das autoridades constantes da lista de precedência específica a cada pesquisa de indicadores conjunturais, será divulgada por intermédio de Nota Oficial da Instituição e disseminada no portal do IBGE na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br

Art. 3º - As autoridades constantes da lista de precedência deverão observar o mais rigoroso sigilo das informações referentes aos indicadores de que trata esta Portaria, nos termos do disposto na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

Art. 4º - Revogam-se as Portarias nº 164/MP, de 20 de dezembro de 1999, e nº 167/MP, de 5 de setembro de 2003.

Art. 5º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

 

PAULO BERNARDO SILVA 


 O IBGE divulga a relação das autoridades que recebem com precedência os resultados das pesquisas conjunturais produzidas por esta Instituição: 

Ministra do Planejamento e Orçamento – Simone Nassar Tebet Rocha

  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
  • Contas Nacionais Trimestrais
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
  • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
  • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
  • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
  • Conjuntura Agropecuária
    • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
    • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
    • Pesquisa Trimestral de Leite
    • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
    • Pesquisa Trimestral do Couro
  • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)


Ministro da Fazenda – Fernando Haddad

  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
  • Contas Nacionais Trimestrais
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
  • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
  • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
  • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
  • Conjuntura Agropecuária
    • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
    • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
    • Pesquisa Trimestral de Leite
    • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
    • Pesquisa Trimestral do Couro
  • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)


Ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços - Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho

  • Contas Nacionais Trimestrais
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
  • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
  • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

 

Presidente do Banco Central - Roberto de Oliveira Campos Neto

  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
  • Contas Nacionais Trimestrais
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
  • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
  • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
  • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
  • Conjuntura Agropecuária
    • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
    • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
    • Pesquisa Trimestral de Leite
    • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
    • Pesquisa Trimestral do Couro
  • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

 

Presidente da Caixa Econômica Federal - Carlos Antônio Vieira Fernandes

  • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)

 

Chefe de Gabinete Adjunto de Informações em Apoio à Decisão do Gabinete Pessoal do Presidente da República - Sandra Márcia Chagas Brandão

  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
  • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
  • Contas Nacionais Trimestrais
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
  • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
  • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
  • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
  • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
  • Conjuntura Agropecuária
    • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
    • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
    • Pesquisa Trimestral de Leite
    • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
    • Pesquisa Trimestral do Couro
  • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

 


Presidente do IBGE
Marcio Pochmann
Atualizado em 1º de dezembro de 2023

  

Divulgação dos resultados de indicadores estruturais

 

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
GABINETE DO MINISTRO
PORTARIA Nº 15, DE 27 DE JANEIRO DE 2005
(Publicada no Diário Oficial da União edição número 20 de 28/01/2005)

 

O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos I e II, da Constituição e considerando o disposto no art. 27, inciso XVII, alínea "c", da Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, resolve:

Art. 1º - Disciplinar os procedimentos a serem observados na divulgação dos resultados de indicadores estruturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

Art. 2º Os resultados serão encaminhados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ao Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, com antecedência mínima de quarenta e oito horas do horário fixado no art. 3º, inciso I, desta Portaria.

Art. 3º No dia da divulgação dos resultados dos indicadores de que trata esta Portaria, serão observados:

I - liberação para a imprensa e disponibilização pela Internet, no endereço: (https://www.ibge.gov.br), às 10 horas;

II - os técnicos do IBGE somente poderão prestar esclarecimentos sobre os resultados dos indicadores estruturais após a liberação e publicação na forma do inciso I.

Art. 4º Os servidores que tenham conhecimento prévio dos resultados deverão manter rigoroso sigilo, sob pena de responsabilidade nos termos da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

 

NELSON MACHADO

 

 

SIMCAD Agro

System of Register Maintenance of the Agricultural Surveys

A Computer Assisted Telephone Interview - CATI aiming at updating the registers of the enterprises that answer the IBGE´s agricultural surveys. The main variables investigated are: legal name, phantasy name, address, contact data of the person in charge of answering the IBGE, information on the activity and capacity of the establishment. This activity is developed on a continuous basis, aiming at amending filling errors or updating information.

The availability of reliable and up-to-date statistics depends on the information provided. Therefore, we count on your indispensable collaboration. 

We highlight our commitment in protecting the confidentiality of the information provided, which will be exclusively used for statistical purposes. Besides secrecy being a commitment of our institution, it is important to clarify the existence of Law no. 5,534, of November 14, 1968, which hinders the use of information provided to the IBGE for fiscal or legal purposes. At the same time, we remind the mandatory nature in providing this information, also expected in the legislation. 

If you have any question, please access the IBGE web page at www.ibge.gov.br . For any additional clarification on SIMCAD AGRO, please contact telephone 0800 721 81 81 or email simcadagro@ibge.gov.br.  The identity of the survey agents can be checked on the website respondendo.ibge.gov.br.

We thank you in advance for your valuable contribution to the updating of this important database, key to the construction of the statistics on the agricultural sector in Brazil.