Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Estudo da Modalidade de Censo Demográfico Contínuo - EMCDC

Modelo Operacional


Apresentação


A proposta de modelo operacional de censo baseado em modalidade alternativa à enumeração completa da população, chamado de Censo Contínuo no escopo do projeto, foi elaborada por técnicos das diretorias de Pesquisas, Informática e Geociências do IBGE. Na elaboração da proposta foram consideradas as discussões ocorridas durante os anos de 2004 a 2006, as quais envolveu cinco Grupos de Trabalho constituídos no IBGE e vários Institutos Nacionais de Estatística (INEs), em especial do Brasil, México, França e Estados Unidos, os quais participaram de três Seminários Internacionais sobre modalidades alternativas de censo.

O foco principal da proposta é a questão operacional, contudo, foram considerados os aspectos de caráter técnico ou metodológico, envolvendo amostragem, acumulação das informações e estimação; o desenho conceitual/questionário; base territorial e cadastro de endereços; a estrutura da rede de coleta e a integração com o censo tradicional e demais pesquisas domiciliares.

O modelo operacional proposto partiu de reflexões sobre que informação produzir, qual o ciclo de acumulação de dados da operação censitária e qual a periodicidade de divulgação, qual o modelo de amostragem que deve ser usado e qual o nível de divulgação geográfica que ele permite, se a operação deve ser espalhada ao longo do ano, ou concentrada em alguns meses como o censo usual, qual a base territorial com a qual a operação deverá contar, se a listagem dos setores deve ser feita junto com a coleta ou em momentos diferentes, e quais informações devem ser levantadas durante esta operação, se a contagem de população é necessária e caso seja com que periodicidade, além de questões adicionais para reflexão, como novas construções, municípios novos etc.