Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2009

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2009

Com este lançamento, o IBGE divulga os resultados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, realizada, em 2009, junto aos estudantes do 9º ano (8ª série) do ensino fundamental nos Municípios das Capitais e no Distrito Federal, a partir de convênio celebrado com o Ministério da Saúde. A pesquisa, efetuada em consonância com as normas e diretrizes utilizadas em âmbito internacional e nacional para levantamentos envolvendo sujeitos humanos, em particular, adolescentes, teve por objetivo conhecer e dimensionar os diversos fatores de risco e de proteção à saúde desse grupo, utilizando como referência para seleção da amostra o cadastro das escolas públicas e privadas listadas no Censo Escolar 2007, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, do Ministério da Educação – INEP/MEC.

Nesta publicação, são apresentados os procedimentos metodológicos que nortearam a elaboração do levantamento, destacando-se os critérios relacionados à delimitação da população-alvo, ao plano de amostragem e aos aspectos técnicos e éticos envolvidos na coleta dos dados, e tabelas selecionadas para cada um dos temas investigados: Características básicas da população de estudo, Escolaridade materna, Contexto social e familiar, Alimentação, Prática de atividade física, Cigarro, álcool e outras drogas, Saúde sexual e reprodutiva, e Acidentes, violências e segurança. A análise dos resultados, ilustrada graficamente, busca fornecer um perfil da situação dos escolares no que tange a cada um desses temas, ressaltando as principais questões observadas. A publicação contém, ainda, um glossário com os termos e conceitos considerados essenciais para a compreensão dos resultados.

A realização da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar amplia sobremaneira o conhecimento acerca das características de saúde da população adolescente brasileira, subsidiando, desta forma, as instâncias executivas e legislativas, os conselhos de saúde e os demais agentes relacionados ao setor com informações confiáveis para a orientação e a avaliação das políticas de saúde destinadas a esse importante contingente populacional.

As informações ora divulgadas também estão disponíveis no portal do IBGE na Internet e no CD-ROM que acompanha a publicação.