Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Pesquisa Mensal de Comércio

    A Pesquisa Mensal de Comércio produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do comércio varejista no País, investigando a receita bruta de revenda nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, e cuja atividade principal é o comércio varejista. A pesquisa foi iniciada em janeiro de 1995, apenas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, produzindo indicadores de faturamento real e nominal, pessoal ocupado e salários e outras remunerações. A partir de 1997, a pesquisa foi expandida para as Regiões Metropolitanas de Recife e Salvador. A versão da pesquisa com abrangência nacional teve início no ano 2000, produzindo indicadores de volume e de receita nominal, desagregados em cinco grupos de atividades, para o Brasil e os Estados do Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal. Para as demais Unidades da Federação, são divulgados indicadores para o comércio varejista, sem desagregação. A partir de janeiro de 2004, iniciou-se a série da pesquisa, com base 2003=100. O segmento "Demais artigos de uso pessoal e doméstico" foi desagregado, iniciando a série de indicadores para os segmentos de "Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos", "Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação", "Livros, jornais, revistas e papelaria" e "Outros artigos de uso pessoal e doméstico". A série 2003=100 expande a abrangência dos indicadores incluindo o comércio de material de construção e dá inicio à série de índices do Comércio Varejista Ampliado, que agrega, aos índices do varejo, as atividades "Veículos, motocicletas, partes e peças" e "Material de construção", que incluem o ramo atacadista. A partir de 2005, iniciou-se o cálculo dos indicadores de receita nominal e de volume de vendas ajustados sazonalmente. Em 2012, de janeiro em diante, iniciou-se nova série da pesquisa, com base 2011=100.

Periodicidade: Mensal


Abrangência geográfica: Brasil e Unidades da Federação