Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Censo Agropecuário

Censo Agropecuário 2006

Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação

Com o lançamento desta publicação, o IBGE apresenta os resultados do Censo Agropecuário 2006, cuja primeira divulgação, disponibilizada em caráter preliminar em 2007, trouxe a público um recorte selecionado de informações sobre as atividades econômicas realizadas pelos produtores e empresas agropecuários, em nível nacional.

As informações ora divulgadas consolidam, em um vasto conjunto de tabelas organizadas para Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação, os dados estruturais sobre o setor agropecuário, contemplando estatísticas sobre total de estabelecimentos, utilização das terras, número de tratores, implementos, máquinas e veículos existentes, características do estabelecimento e do produtor, pessoal ocupado, efetivos da pecuária, e produções vegetal e animal, dentre outros variados aspectos. Essas estatísticas são fundamentais para a compreensão das transformações ocorridas nas atividades agropecuárias e no meio rural, nos diferentes espaços geográficos do País, desde a última realização da pesquisa em 1996.

A publicação, também disponibilizada no portal do IBGE na Internet, traz comentários sobre os resultados nacionais obtidos, além de notas técnicas que descrevem as inovações tecnológicas introduzidas nesta edição da pesquisa, as reformulações metodológicas efetuadas em seu conteúdo, e as conceituações necessárias à compreensão dos resultados, com destaque para a incorporação dos conceitos que visaram à a melhor captação das variáveis. O CD-ROM que a acompanha contém, além das informações do volume impresso, as mesmas tabelas disponibilizadas para o Brasil e para cada Unidade da Federação, e tabelas para mesorregiões, microrregiões e municípios, fornecendo, assim, um rico perfil da estrutura deste importante segmento econômico brasileiro.

Os resultados do Censo Agropecuário 2006, a exemplo dos realizados anteriormente, estão em consonância com as recomendações e os conceitos básicos consagrados pela Food and Agriculture Organization of the United Nation - FAO (Organização da Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação), o que permite a comparabilidade internacional dessas estatísticas.