Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Economia do Turismo - Uma Perspectiva Macroeconômica 2000-2005

Economia do Turismo - uma perspectiva macroeconômica 2000-2005

O turismo tem crescido substancialmente nos últimos anos como um fenômeno econômico e social, razão pela qual as tradicionais descrições dessa atividade, baseadas sobretudo nos aspectos socioculturais dos visitantes, têm sido complementadas por uma perspectiva de caráter econômico visando identificar e valorar as contribuições geradas pelo turismo à economia dos países.

Em sua primeira abordagem sobre o tema, o IBGE lançou o estudo Economia do turismo: atividades características do turismo 2003 . Fruto de acordo de cooperação técnica com o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Turismo – EMBRATUR, a publicação reuniu estatísticas relacionadas à produção (oferta) de bens e serviços, gastos (demanda) das famílias e características da mão-de-obra ocupada (emprego) desse segmento, a partir da consolidação dos resultados de pesquisas econômicas e domiciliares regularmente produzidas pela Instituição.

O estudo ora divulgado, resultante da mesma parceria, apresenta os principais indicadores macroeconômicos das atividades características do turismo , com base nos dados compilados do Sistema de Contas Nacionais, representando, assim, um importante avanço na contextualização da dimensão econômica do turismo no Brasil.

A publicação apresenta a conceituação de turismo, destacando a relevância de sua análise e mensuração como fenômeno econômico e social; aspectos metodológicos relativos à definição e à classificação dos produtos e atividades econômicas que o constituem, segundo os critérios da Organização Mundial de Turismo – OMT, e sua correspondência com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE 1.0; considerações sobre a articulação com o Sistema de Contas Nacionais; e análises da estrutura das atividades características do turismo em 2005 e da evolução dos principais indicadores macroeconômicos no período 2000-2005. Inclui, ainda, um glossário com os conceitos considerados relevantes para a compreensão dos resultados, além de anexos que detalham as classificações de produtos específicos e de produtos característicos do turismo.

O conjunto dessas informações também está disponível no CD-ROM que acompanha a publicação e no portal do IBGE na Internet.

Com este estudo a partir do Sistema de Contas Nacionais, o IBGE ratifica a compreensão do turismo como atividade econômica relevante e singular e contribui para a elaboração de um sistema integrado de estatísticas com vistas à construção da Conta Satélite de Turismo, possibilitando, desse modo, a ampliação da análise e mensuração ora apresentadas.