Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS - RBMC

Menu do Produto

O que é

Conjunto de estações geodésicas, equipadas com receptores GNSS (Global Navigation Satellite Systems) de alto desempenho, que proporcionam, uma vez por dia ou em tempo real, observações para a determinação de coordenadas.

 

Atenção

A RBMC está disponibilizando desde o dia 21/12/2017 todas as observáveis rastreadas pelos receptores, ou seja, dependendo do modelo do receptor o arquivo de observação poderá conter todas as observáveis rastreadas das constelações GPS, GLONASS, GALILEO, Beidou e SBAS. Desta forma, para reduzir o tamanho dos arquivos e facilitar o download, passamos a disponibilizar as observações no formato de compressão Hatanaka, passando por esta segunda compressão além do zip. Abaixo você encontrará os links para o download do aplicativo de descompressão de Hatanaka para RINEX 2.11 e um passo a passo para realizar o procedimento de descompressão.

Informações sobre compactação Hatanaka

O algoritmo de compressão HATANAKA foi desenvolvido pelo pesquisador japonês Yuki Hatanaka, do Geospatial Information Authority of Japan (GSI). Sua estratégia consiste em aglutinar informações redundantes e com isso permitir uma redução significativa do tamanho do arquivo.

Vale salientar que, com as novas constelações GNSS e com a adição de novas observáveis implementadas com a modernização dos sistemas, os arquivos de observações tendem a aumentar consideravelmente de tamanho nos próximos anos.

Dessa forma, elencamos as principais vantagens de se utilizar o Hatanaka:
1. Economia de espaço nos dispositivos de armazenamento;
2. Ganho de desempenho nas transferências (download);
3. Possibilidade de uma maior série histórica de dados on-line.

Para realizar a descompressão do arquivo, deve-se realizar o download do programa CRX2RNX na página do GSI (http://terras.gsi.go.jp/ja/crx2rnx.html). Com o objetivo de auxiliar nossos usuários na conversão, também disponibilizamos um passo-a-passo para realizar o procedimento.

O software CRX2RNX disponibilizado pelo GSI é de livre distribuição. Pede-se aos usuários que, em seus trabalhos, observem o que está preconizado no arquivo LICENSE.txt.

Saiba mais sobre o Hatanaka em https://www.unavco.org/software/data-processing/preprocessing/preprocessing.html#hatanaka 

Sobre - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

Sobre a RBMC

A utilização da tecnologia GNSS (Global Navigation Satellite System) provocou uma verdadeira revolução nas atividades de navegação e posicionamento. Os trabalhos geodésicos e topográficos passaram a ser realizados de forma mais rápida, precisa e econômica. À medida que as técnicas de posicionamento evoluem, diversas aplicações em tempo real e pós-processado têm surgido, tornando o papel da RBMC cada vez mais amplo.

Nas aplicações geodésicas e topográficas do GNSS está implícita a utilização do método relativo, isto é, ao menos uma estação de coordenadas conhecidas é também ocupada simultaneamente à ocupação dos pontos desejados. As estações da RBMC desempenham justamente o papel do ponto de coordenadas conhecidas pertencentes ao Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), eliminando a necessidade de que o usuário imobilize um receptor em um ponto que, muitas vezes, oferece grandes dificuldades de acesso. Além disso, os receptores que equipam as estações da RBMC são de alto desempenho, proporcionando observações de grande qualidade e confiabilidade.

Caracterização

As estações da RBMC são materializadas através de pinos de centragem forçada, especialmente projetados, e cravados em pilares estáveis. A maioria dos receptores da rede possui a capacidade de rastrear satélites GPS e GLONASS, enquanto alguns rastreiam apenas GPS. Esses receptores coletam e armazenam continuamente as observações do código e da fase das ondas portadoras transmitidos pelos satélites das constelações GPS ou GLONASS.

Cada estação possui um receptor e antena geodésica, conexão de Internet e fornecimento constante de energia elétrica que possibilita a operação contínua da estação.

As coordenadas das estações da RBMC são outro componente importante na composição dos resultados finais dos levantamentos a ela referenciados. Nesse aspecto, a grande vantagem da RBMC é que todas as suas estações fazem parte da Rede de Referência SIRGAS (Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas), cujas coordenadas finais têm precisão da ordem de ± 5 mm, configurando-se como uma das redes mais precisas do mundo. Outro papel importante da RBMC é que suas observações vêm contribuindo, desde 1997, para a densificação regional da rede do IGS (International GPS Service for Geodynamics), garantindo uma melhor precisão dos produtos do IGS – tais como órbitas precisas – sobre o território brasileiro.

Operação

A operação das estações da RBMC é totalmente automatizada. As observações são organizadas, ainda na memória do receptor, em arquivos diários, correspondendo a sessões iniciando às 00h 01min e encerrando às 24h 00min (tempo universal), com intervalo de rastreio de 15 seg.

Depois do encerramento de uma sessão, os arquivos com as respectivas observações são transferidos do receptor para o Centro de Controle da Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS - RBMC - Kátia Duarte Pereira, na Coordenação de Geodésia (Rio de Janeiro-RJ). A partir deste ponto são criados novos arquivos em formato padrão RINEX2, nos quais é realizado um controle de qualidade das observações. Em seguida os arquivos de dados RINEX2 e as órbitas transmitidas são compactados e disponibilizados na área de download do portal do IBGE.

Ocasionalmente, algumas perdas de dados devido a problemas de conexão de Internet e de falta de energia podem ocorrer, e são imediatamente comunicados através do Twitter da RBMC (https://twitter.com/IBGE_RBMC). Na medida do possível os dados são recuperados assim que a situação é normalizada. Entretanto, devido à limitação de memória em alguns receptores, os dados podem ser perdidos. Diante disso, antes de realizar um levantamento, recomendamos verificar a situação da estação que será utilizada através dos canais fornecidos.

Observação: solicitamos aos usuários da RBMC que citem em seus trabalhos que os dados foram disponibilizados pelo IBGE, mantenedor do projeto RBMC. Pedimos também que não repassem os dados, mas orientem outros usuários interessados a realizem o download através da página do IBGE (RBMC) ou solicitem os dados diretamente ao IBGE através do email ibge@ibge.gov.br.

Acesso ao produto - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

Banco de Dados Geodésicos

Aplicativo

Tutorial

Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais - INDE

Visualizador

Metadados

Principais resultados - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Downloads

Informações técnicas - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Parcerias

    A implementação e manutenção da RBMC conta com o apoio das seguintes instituições:

    • Companhia Docas do Ceará - CDC
    • Companhia Docas de Imbituba - CDI
    • Companhia Docas de Santana - CDS
    • Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG
    • Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - CENSIPAM
    • Cia. de Desenvolvimento dos Vales do Sâo Francisco e do Parnaíba - CODEVASF
    • Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia - CONDER
    • Departamento de Tráfego e Controle do Espaço Aéreo - DTCEA-BV
    • Dtcea- São Gabriel da Cachoeira - DTCEA-SGC
    • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
    • Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - EPAMIG
    • Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP - EACH
    • Exército Brasileiro - EB
    • Força Aérea Brasileira - FAB
    • Fundação MS
    • Fundação Nacional do Índio - FUNAI
    • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/Dgc/Cged - IBGE
    • Instituto Federal Baiano - IF Baiano
    • Instituto Federal Catarinense - IFC
    • Instituto Federal da Paraíba (Campus João Pessoa) - IFPB
    • Instituto Federal de Educação, Ciên. e Tecnolog. do Espírito Santo - IFES
    • Instituto Federal de Educação, Ciên. e Tecnolog. do Maranhão - IFMA
    • Instituto Federal de Educação, Ciênc. e Tecnolog. de Santa Catarina / Chapecó - IFSC
    • Instituto Federal de Educação, Ciên. e Tecnolog. do Sul de Minas - IFSULMINAS
    • Instituto Federal de Goiás (Campus Goiânia)
    • Instituto Federal de Goiás (Campus Uruaçu)
    • Instituto Federal de Santa Catarina
    • Instituto Federal do Amapá - IFAP
    • Instituto Federal de Mato Grosso do Sul - IFMS
    • Instituto Federal do Mato Grosso - IFMT
    • Itaipu Binacional
    • Instituto Geográfico e Cartográfico do Estado de São Paulo - IGC
    • Instituto Militar de Engenharia - IME
    • Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA
    • Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídrico - INEMA
    • Instituto de Gestão Das Águas e Clima - INGÁ
    • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE
    • Instituto Oceanografico da Usp - IOUSP
    • Marinha do Brasil - MB
    • Observatório Nacional - ON
    • Petroleo Brasileiro S.A. - PETROBRAS
    • Prefeitura Municial de Barcelos - PMB
    • Prefeitura Municipal de Canarana - PMC
    • Prefeitura Municipal de Itiquira
    • Prefeitura Municipal de Nova Mutum
    • Prefeitura Municipal de Parintins - PMP
    • Prefeitura Municipal de Sorriso - PMS
    • Secretaria de Meio Ambiente da Bahia - SEMA - BA
    • SESC Pantanal
    • Sipam-Am - SIPAM-AM
    • Universidade de Passo Fundo - UPF
    • Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
    • Universidade do Estado do Amazonas - UEA
    • Universidade Estadual de Maringá - UEM
    • Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT
    • Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul - UEMS
    • Universidade Estadual do Maranhão - UEMA
    • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB
    • Universidade Federal de Alagoas - UFAL
    • Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
    • Universidade Federal do Semi-Árido - UFERSA
    • Universidade Federal Fluminense - Campos dos Goytacazes - UFF
    • Universidade Federal de Goíás - UFG
    • Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
    • Universidade Federal do Pará - UFPA
    • Universidade Federal do Paraná - UFPR
    • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Instituto de Geociências - UFRGS
    • Universidade Federal de Santa Maria - Centro de Ciências Rurais - UFSM
    • Universidade Federal do Tocantins - UFT
    • Universidade Federal de Uberlândia - UFU
    • Universidade Federal de Viçosa - UFV
    • Universidade Luterana do Brasil - ULBRA
    • Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL
    • Universidade do Estado da Bahia - UNEB
    • Universidade Estadual Paulista - UNESP
    • Universidade Estadual de Campinas - Fec - UNICAMP
    • Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO
    • Universidade Anhanguera-Uniderp - Campo Grande - UNIDERP
    • Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF
    • Universidade Regional do Cariri - URCA
    • Universidade de São Paulo - USP
    • 53º Batalhao de Infantaria de Selva - 53 BIS

    Resoluções e legislação

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Métodos e documentos de referência - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Publicações - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Notícias e releases

    Ver mais notícias

    Situação Operacional

    Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS - RBMC

    Última Atualização: 16/02/2019 13:00:01

    Clique nas estações pare ver detalhes sobre cada uma

    • Estações operantes

    • Estações em estado
      de advertência

    • Estações inoperantes
      (sem dados há mais de 6 dias)

    • Estações inativas



    IBGE - Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS - RBMC

    Informações

    Estações em Advertência e Inoperantes

    ALAR (Arapiraca/AL)
    BABR (Barreiras/BA)
    BEPA (Belém - Inpe/PA)
    SPBO (Botucatu/SP)
    CHPI (Cachoeira Paulista/SP)
    MTCN (Canarana/MT)
    PRCV (Cascavel/PR)
    MSCB (Corumbá - Embrapa/MS)
    BRFT (Fortaleza2005/CE)
    ROGM (Guajará-Mirim/RO)
    BAIR (Irecê/BA)
    JAMG (Jaíba/MG)
    MSJR (Jardim/MS)
    ROJI (Ji-Paraná/RO)
    MSMJ (Maracaju/MS)
    MTNX (Nova Xavantina/MT)
    SPPI (Piracicaba/SP)
    MSPM (Porto Murtinho/MS)
    APS1 (Santana - Docas/AP)
    MTSF (São Félix Do Araguaia/MT)

    Estações Atualizadas

    Estação MTGA (Barra do Garças/MT)
    O descritivo da estação foi atualizado em 26/11/2018, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação GOJA (Jataí/GO)
    O descritivo da estação foi atualizado em 05/09/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação ITAI (Foz do Iguaçu - ITAIPU/PR)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/07/2018, devido à troca de antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação AMTE (Tefé/AM)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/07/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BOAV (Boa Vista/RR)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/07/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BEPA (Belém/PA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 13/07/2018, devido à troca de antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPPI (Piracicaba/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 20/06/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPC1 (Campina/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 19/06/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação TOPL (Palmas/TO)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação PBJP (João Pessoa/PB)
    O descritivo da estação foi atualizado em 23/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação POVE (Porto Velho/RO)
    O descritivo da estação foi atualizado em 17/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação POAL (Porto Alegre/RS)
    O descritivo da estação foi atualizado em 15/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SAVO (Salvador/BA - INCRA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 09/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MSAQ (Aquidauana/MS)
    O descritivo da estação foi atualizado em 03/05/2018, devido à troca de antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação PEAF (Afogados da Ingazeira/PE)
    O descritivo da estação foi atualizado em 02/05/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BELE (Belém/PA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/04/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SEAJ (Aracaju/SE)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/04/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MSCG (Campo Grande/MS)
    O descritivo da estação foi atualizado em 24/04/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação JAMG (Jaíba/MG)
    O descritivo da estação foi atualizado em 23/04/2018, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MABB (Bacabal/MA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 11/04/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SALU (São Luís/MA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 10/04/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CEFE (Vitória/ES)
    O descritivo da estação foi atualizado em 26/03/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CEFT (Fortaleza (PORTO)/CE)
    O descritivo da estação foi atualizado em 21/03/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MGBH (Belo Horizonte/MG)
    O descritivo da estação foi atualizado em 20/03/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação RIOD (Rio de Janeiro/RJ)
    O descritivo da estação foi atualizado em 12/03/2018, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MTSF (São Félix do Araguaia/MT)
    O descritivo da estação foi atualizado em 31/01/2018, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MABS (Balsas/MA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 06/12/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação JAMG (Jaíba/MG)
    O descritivo da estação foi atualizado em 29/11/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CRUZ (Cruzeiro do Sul/AC)
    O descritivo da estação foi atualizado em 29/11/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação ALAR (Arapiraca/AL)
    O descritivo da estação foi atualizado em 19/09/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação TOGU (Gurupi/TO)
    O descritivo da estação foi atualizado em 31/08/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BAVC (Vitória da Conquista/BA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 20/07/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação GOJA (Jataí/GO)
    O descritivo da estação foi atualizado em 03/07/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MABA (Marabá/PA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 06/06/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MAPA (Macapá/AP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 28/04/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CHPI (Cachoeira Paulista/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 29/03/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação RNMO (Mossoró/RN)
    O descritivo da estação foi atualizado em 29/03/2017, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SJSP (São José dos Campos/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 16/03/2017, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MSAQ (Aquidauana/MS)
    O descritivo da estação foi atualizado em 11/02/2017, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPFE (Fernandópolis/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 01/02/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPPI (Piracicaba/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 30/01/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MCL1 (Montes Claros/MG)
    O descritivo da estação foi atualizado em 05/01/2017, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação NAUS (Manaus/AM)
    O descritivo da estação foi atualizado em 25/11/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação AMTA (Tabatinga/AM)
    O descritivo da estação foi atualizado em 21/11/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPJA (Jaboticabal/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 26/10/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação POLI (ESCOLA POLITÉCNICA DA USP/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 18/10/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação NEIA (CANANÉIA/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 19/10/2016, devido à troca de antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação TOGU (Gurupi/Tocantins)
    O descritivo da estação foi atualizado em 04/10/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BRAZ (Brasília/DF)
    O descritivo da estação foi atualizado em 28/09/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SPFE (Fernandópolis/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 20/09/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação MABA (Marabá/PA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 29/06/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação PIFL (Floriano/PI)
    O descritivo da estação foi atualizado em 21/06/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação POLI (Escola Politécnica da USP/SP)
    O descritivo da estação foi atualizado em 16/06/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação SALU (São Luis/MA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 08/06/2016, devido à troca de antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação PAAT (Altamira/PA)
    O descritivo da estação foi atualizado em 24/05/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CEFT (Fortaleza/CE)
    O descritivo da estação foi atualizado em 27/04/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação AMTA (Tabatinga/AM)
    O descritivo da estação foi atualizado em 28/04/2016, devido à troca de receptor e antena, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação PIFL (Floriano/PI)
    O descritivo da estação foi atualizado em 27/04/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação BRAZ (Brasília/DF)
    O descritivo da estação foi atualizado em 03/02/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação IMBT (imbituba/SC)
    O descritivo da estação foi atualizado em 21/01/2016, devido à troca de receptor, e está disponível no servidor do IBGE <ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_sobre_posicionamento_geodesico/rbmc/relatorio/>.

    Estação CHPI (Cachoeira Paulista/SP)
    Voltou a operar normalmente. Atenção para troca recente de receptor. - 25/09/2013

    Estações Novas

    Lançamento de 11 novas estações em novembro/2018, totalizando 152 estações.
    A RBMC lança 11 novas estações: AMCR (Coari - IBGE/AM), BAPA (Paulo Afonso/BA), ESNV (Nova Venecia/ES), MGJF (Juiz de Fora/MG), MGTO (Teofilo Otoni/MG), MSBL (Bela Vista/MS), MSJR (Jardim/MS), MSMN (Novo Mundo/MS), MSPM (Porto Murtinho/MS), PERC (Recife - IFPE/PE), PRUR (Umuarama/PR). - 16/11/2018

    Lançamento de 9 novas estações em Fevereiro/2018, totalizando 145 estações.
    A RBMC lança 9 novas estações: APMA (), EACH (Sao Paulo - USP Leste), MSMJ (Maracaju), MTCA (Carceres), MTIT (Itiquira), MTNM (Nova Mutum), MTSC (SESC Pantanal), SCCA (Caçador), SPOR (Ourinhos - UNESP). - 26/02/2018

    Lançamento de 5 novas estações em Setembro/2017, totalizando 135 estações.
    A RBMC lança 5 novas estações: ALMA (Maceió), MTLA (Pontes e Lacerda), MTLE (Primavera do Leste), MSNA (Naviraí) e PAAR (Altamira - UFPA). - 04/09/2017

    Lançamento de 7 novas estações em Abril/2017, totalizando 135 estações.
    A RBMC lança 7 novas estações: CORU (Corumba - UFMS/MS), ITAI (Foz do Iguaçu - ITAIPU/PR), MGMT (Monte Carmelo/MG), MSCB (Corumbá - Embrapa/MS), MSPP (Ponta Porã/MS), MTGA (Barra do Garcas - UFMT/MT) e RSPF (Passo Fundo/RS) - 25/04/2017

    Lançamento de 6 novas estações em Junho/2016, totalizando 131 estações.
    A RBMC lança 6 novas estações: AMBC (Barcelos/AM), APS1 (Santana - Docas/AP), BABJ (Bom Jesus da Lapa - IF Baiano/BA), MSAQ (Aquidauana/MS), MTNX (Nova Xavantina/MT) e SPS1 (Sorocaba - UNESP/SP) - 30/06/2016

    Lançamento de 7 novas estações em Dezembro/2015, totalizando 127 estações.
    A RBMC lança 7 novas estações: AMHA (Humaitá/AM), AMMU (Maués/AM), AMTA (Tabatinga/AM), BAIT (Itaberaba/BA), GOUR (Uruaçu/GO), IFSC (Florianópolis/SC), PASM (Santarém/PA) - 17/12/2015

    Lançamento de 2 novas estações em Agosto/2015, totalizando 121 estações.
    A RBMC lança 2 novas estações: AMUA (Manaus/AM) e ITAM (Itacoatiara/AM) - 12/08/2015

    Lançamento de 1 nova estação em Julho/2015, totalizando 119 estações.
    A RBMC lança 1 nova estaçãos: SPC1 (Campinas - UNICAMP/SP) - 30/07/2015

    Lançamento de 3 novas estações em Junho/2015, totalizando 119 estações.
    A RBMC lança 3 novas estações: SPFE (fernandópolis/SP), SPFR (Franca/SP) e AMPR (Parintins/AM) - 04/06/2015

    Lançamento de 5 novas estações em Fevereiro/2015, totalizando 117 estações.
    A RBMC lança 5 novas estações: APLJ (Laranjal do Jari/AP), BEPA (Belém INPE/PA), COAM (Coari/AM), JAMG (Jaíba/MG) e MTJI (Juína/MT) - 27/02/2015

    Lançamento de quatro novas estações em Maio/2014
    A RBMC trocou as estações desativadas (MGVA, UBER, MCLA e GVAL) pelas novas estações (MGV1, UBE1, MCL1 e GVA1) - 26/05/2014

    Lançamento de três novas estações em Fevereiro/2014
    A RBMC lança 3 novas estações: Araquari/SC, Bacabal/MA e Sobral/CE - 20/02/2014

    Lançamento de duas novas estações em Outubro/2013
    A RBMC lança 2 novas estações: Florianópolis/SC e Afogados da Ingazeira - 22/10/2013

    Lançamento de cinco novas estações em Setembro/2013
    A RBMC lança 5 novas estações: Alegrete/RS, Cascavel/PR, Dourados/MS, Goiânia/GO e Ilhéus/BA - 20/09/2013

    Lançamento de duas novas estações em Agosto/2013
    Foi lançada a nova estação de João Pessoa/PB e Aracaju-São Cristóvão/SE - 13/08/2013

    Lançamento de uma nova estação em Junho/2013
    Foi lançada a nova estação de São José dos Campos/SP (SJSP) - 17/06/2013

    Estações Desativadas

    Estação AMPR (Parintins/AM
    Desativada devido à problemas de rede no local de instalação - 18/11/2018

    Estação AMTA (Tabatinga/AM)
    Desativada devido à problemas de rede no local de instalação - 17/10/2018

    Estação AMMU (Maues/AM)
    Desativada devido à problemas de rede no local de instalação - 21/09/2018

    Estação ITAM (Itacoatiara/AM)
    Desativada devido à problemas de rede no local de instalação - 21/09/2018

    Estação MCL1 (Montes Claros/MG - CEMIG)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 09/08/2018

    Estação COAM (Coari/AM)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 18/04/2018

    Estação RECF (Recife/PE)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 23/02/2018

    Estação PAAT (Altamira/PA)
    Desativada devido à mudança de local da estação - 12/09/2017

    Estação MAPA (Macapá/AP)
    Desativada devido à problemas na estrutura da estação - 12/05/2017

    Estação OURI (Ourinhos/SP)
    Desativada devido à mudança do campus UNESP de Ourinhos - 06/03/2017

    Estação MTBA (Barra do Garças/MT)
    Desativada devido à problemas no link de internet no local de instalação - 16/11/2016

    Estação MTVB (Vila Bela da Santíssima Trindade/MT)
    Desativada devido à problemas no link de internet no local de instalação - 31/08/2016

    Estação MSCO (Corumbá/MS)
    Desativada devido à mudança de local da estação - 31/08/2016

    Estação BOMJ (Bom Jesus da Lapa/BA)
    Desativada devido à mudança de local da estação - 02/02/2016

    Estação APSA (Santana/AP)
    Desativada devido à mudança de local da estação - 05/01/2016

    Estação SPSO (Sorocaba/SP)
    Desativada devido à mudança de local da estação - 15/12/2015

    Estação PAST (Santarém/PA)
    Desativada devido à problemas no link de internet no local de instalação - 28/05/2015

    Estação SPCA (Campinas/SP)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 24/03/2015

    Estação AMHU (Humaitá/AM)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 14/10/2014

    Estação MGVA (Varginha/MG)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Recomenda-se a utilização da nova estação MGV1. 13/05/2014

    Estação UBER (Uberlândia/MG)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Recomenda-se a utilização da nova estação UBE1 ou MGUB. 13/05/2014

    Estação MCLA (Montes Claros/MG)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Recomenda-se a utilização da nova estação MCL1. 13/05/2014

    Estação GVAL (Governador Valadares/MG)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Recomenda-se a utilização da nova estação GVA1. 13/05/2014

    Estação MSDO (Dourados/MS)
    Desativada devido à problemas no local de instalação - 18/10/12.

    Estação MTJU (Juína/MT)
    Desativada devido à problemas no prédio onde a estação estava instalada. Uma nova estação será estabelecida na região - 31/05/12.

    Estação UEPP (Presidente Prudente/SP)
    Desativada devido a fatores técnicos que tornaram insustentável a continuidade de sua operação.

    Estação SALV (Salvador/BA)
    Desativada devido a fatores técnicos que tornaram insustentável a continuidade de sua operação.

    Estação MANA (Manaus/AM)
    Desativada devido a vários fatores técnicos que tornaram insustentável a continuidade de sua operação.

    Estação PARA (Curitiba/PR)
    Desativada devido a fatores técnicos que tornaram insustentável a continuidade de sua operação.

    Estação FORT (Fortaleza/CE)
    Desativada em 08/04/2006 e substituída pela estação BRFT, que utiliza outro receptor e antena.

    Estação UBAT (Ubatuba/SP)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Foi substituída pela estação UBA1.

    Estação VARG (Varginha/MG)
    Desativada devido a uma variação detectada nas coordenadas. Recomenda-se a utilização da nova estação MGVA.

    Desculpem-nos pelos transtornos ocasionados. Estamos empenhando esforços na tentativa de solucionar as questões acima citadas.

    Consulta de disponibilidade de dados:

    Dia do Mês Dia do Ano 2019

    Selecione o dia desejado:

    Clique em uma estação para selecioná-la

    Escolha o ano


    Para consultar os gráficos de anos anteriores, desde o início da operação da RBMC, selecione um dos relatórios abaixo:

    Dados diários da Estação

    Nome de Login:

    Senha:

    Cadastre-se Esqueci a Senha

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição