Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

Estatísticas do Cadastro Central de Empresas - CEMPRE

O que é

Constitui um acervo de dados sobre o universo das empresas e outras organizações formalmente constituídas e suas respectivas unidades locais existentes no País. As informações cadastrais e econômicas são atualizadas anualmente, a partir das pesquisas estruturais por empresas do IBGE nas áreas de Indústria, Construção, Comércio e Serviços e do Sistema de Manutenção Cadastral - SIMCAD, bem como de registros administrativos da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, como a Relação Anual de Informações Sociais - RAIS e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED, os quais estão sendo substituídos, gradativamente, pelo Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - eSocial.

O Cadastro Central de Empresas - CEMPRE foi originalmente alimentado com dados dos Censos Econômicos 1985, sendo sua atualização realizada anualmente, conjugando-se as informações provenientes das pesquisas estruturais por empresas do IBGE com os referidos registros administrativos, então sob responsabilidade do Ministério do Trabalho.  Em 1995, realizou-se ampla pesquisa de atualização cadastral, o Censo Cadastro, que permitiu a introdução da Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE no CEMPRE. Em 2001, como reflexo do aprimoramento da experiência acumulada no uso das informações econômicas obtidas pelas pesquisas anuais por empresas do IBGE, cuja unidade básica de investigação é a empresa, em conjunto com as informações obtidas da RAIS, cuja unidade básica de investigação é a unidade local, implementou-se um procedimento de ajuste nos valores das unidades locais. Tal ajuste consistiu em distribuir, proporcionalmente, entre as suas unidades locais, os valores de pessoal ocupado total, pessoal ocupado assalariado e salários pagos das empresas, informado nas pesquisas institucionais, obedecendo à distribuição de tais informações na RAIS. Em 2007, visando ao aprimoramento da qualidade das informações, o IBGE deu início ao Sistema de Manutenção Cadastral - SIMCAD, que consiste em um sistema de entrevistas por telefone, assistidas por computador, denominado Computer Assisted Telephone Interview - CATI, para verificação das informações oriundas de registros administrativos com suspeitas de erro de preenchimento pelos estabelecimentos declarantes. A partir do ano de referência 2008, apresentando resultados retroativos a 2007, o IBGE passou a divulgar uma nova série de dados das Estatísticas do Cadastro Central de Empresas, utilizando a CNAE 2.0, que substituiu a CNAE 1.0, usada anteriormente.

A pesquisa realiza o levantamento de diversas informações econômico-financeiras das empresas e outras organizações ativas e suas unidades locais, como: número, pessoal ocupado total e assalariado, salários e outras remunerações, salário médio mensal, entre outros aspectos, além de indicadores de concentração econômica e de diversificação espacial de tais empresas e outras organizações.

A periodicidade da pesquisa é anual. Sua abrangência geográfica é nacional, com resultados divulgados para Brasil, Grandes Regiões, Unidades da Federação e Municípios.