Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física - PIM-PF

Menu do Produto

O que é

A Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Brasil produz indicadores de curto prazo desde a década de 1970 relativos ao comportamento do produto real das indústrias extrativa e de transformação.

A partir de maio de 2014, tem início a divulgação da nova série de índices mensais da produção industrial, elaborados com base na Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física - PIM-PF reformulada. Essa reformulação cumpriu os seguintes objetivos: atualizar a amostra de atividades, produtos e informantes; elaborar uma nova estrutura de ponderação dos índices com base em estatísticas industriais mais recentes, de forma a integrar-se às necessidades do projeto de implantação da Série de Contas Nacionais - referência 2010; e adotar, na PIM-PF, as novas classificações, de atividades e produtos, usadas pelas demais pesquisas da indústria a partir de 2007, quais sejam: a Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0 e a Lista de Produtos da Indústria - PRODLIST-Indústria.

A série reformulada tem início em janeiro de 2012 e sua implantação não implicou ruptura das séries históricas iniciadas em 2002, uma vez que essas foram encadeadas à nova, tanto nos níveis das grandes categorias econômicas (categorias de uso), como no âmbito das atividades (com exceção de Impressão e reprodução de gravações, e de Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos), quanto nos diversos grupos selecionados (que substituem os subsetores).

As séries históricas antiga (de janeiro de 1985 até janeiro de 2004), da primeira reformulação (de janeiro de 1991 até fevereiro de 2014) e a reformulada em 2014 (de janeiro de 2002 em diante) podem ser consultadas diretamente no SIDRA.

Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Regional produz indicadores de curto prazo desde a década de 1970 relativos ao comportamento do produto real das indústrias extrativa e de transformação.

A partir de maio de 2014 tem início a divulgação da nova série de índices mensais da produção industrial, elaborados com base na Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) reformulada. Essa reformulação cumpriu os seguintes objetivos: atualizar a amostra de atividades, produtos e informantes; elaborar uma nova estrutura de ponderação dos índices com base em estatísticas industriais mais recentes; adotar, na PIM-PF, as novas classificações, de atividades e produtos, usadas pelas demais pesquisas da indústria a partir de 2007 (Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 2.0); e produzir indicadores para aquelas Unidades da Federação que no ano de 2010 responderam por pelo menos 1,0% do Valor da Transformação Industrial e, também, para a Região Nordeste. A série reformulada tem início em janeiro de 2012 e sua implantação não implicou em total ruptura das séries históricas iniciadas em 2002, uma vez que essas foram encadeadas à nova, em termos regionais, nas atividades em que houve uma relativa aderência entre as duas séries.

As séries históricas antiga (de janeiro de 1985 até janeiro de 2004), a da primeira reformulação (de janeiro de 1991 até fevereiro de 2014) e a reformulada em 2014 (de janeiro de 2002 em diante) podem ser consultadas diretamente no SIDRA.

Sobre - Fevereiro 2018

Nenhum conteúdo disponível para exibição

Principais resultados - Fevereiro 2018

#tabelasidra20183216391538

 

 

Tabelas - Fevereiro 2018

#tabelasidra20183216375230

 

Índice de Base Fixa com Ajuste Sazonal

Dados Regionais (em formato xls)

Quadros sintéticos - Fevereiro 2018

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Microdados - Fevereiro 2018

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Informações técnicas

    Notas Técnicas

    Notas Metodológicas

    1 – Os indicadores regionais utilizam dados primários da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF). Os painéis de produtos e de informantes são específicos para cada local que possui dados divulgados. O painel de produtos e de informantes acompanhado é uma amostra intencional obtida a partir das informações da Pesquisa Industrial Anual – Empresa (PIA-Empresa) e da Pesquisa Industrial Anual – Produto (PIA-Produto) do ano de 2010 e tem como referência a estrutura do Valor da Transformação Industrial. Para a indústria geral, segundo esta variável, os produtos selecionados alcançam, aproximadamente, os seguintes níveis de cobertura: Amazonas, 53 produtos (83%), Pará, 32 produtos (92%), Região Nordeste, 207 produtos (76%); Ceará, 84 produtos (72%); Pernambuco, 90 produtos (69%); Bahia, 101 produtos (77%); Minas Gerais, 155 produtos (70%); Espírito Santo, 30 produtos (79%); Rio de Janeiro, 152 produtos (83%); São Paulo, 534 produtos (75%); Paraná, 199 produtos (69%); Santa Catarina, 172 produtos (59%); Rio Grande do Sul, 232 produtos (70%), Mato Grosso, 28 produtos (79%); e Goiás, 73 produtos (67%).

    2 – O critério de seleção para as Unidades da Federação que possuem os seus dados divulgados foi o de incluir aqueles que responderam por pelo menos 1,0% do Valor da Transformação Industrial, tomando-se como referência o resultado da PIA-Empresa 2010, além da Região Nordeste.

    3 - A base de ponderação dos indicadores é fixa e tem como referência a estrutura do Valor da Transformação Industrial referente ao ano de 2010. Assim, os pesos atribuídos para as atividades e produtos estão baseados nas pesquisas anuais da indústria de 2010.

    4 - A fórmula de cálculo, nos diversos níveis de agregação, baseiam-se em uma adaptação do índice de Laspeyres - base fixa em cadeia (com atualização de pesos). Assim, os índices são definidos como médias ponderadas de relativos de quantidades cujos pesos são definidos pelo valor de cada produto, estimado a partir das quantidades vigentes no mês de comparação (t-1) e dos preços do período base. Consequentemente, à medida que um produto apresenta variação de quantum superior à média dos seus congêneres cresce sua importância no seu respectivo segmento industrial de origem. Analogamente, esses movimentos são observados em todos os níveis.

    5 - São divulgados cinco tipos de índices:

    • ÍNDICE BASE FIXA MENSAL (NÚMERO-ÍNDICE): compara a produção do mês de referência do índice com a média mensal produzida no ano base da pesquisa (2012);
    • ÍNDICE MÊS/MÊS ANTERIOR: compara a produção do mês de referência do índice com a do mês imediatamente anterior. As séries são obtidas a partir do índice de base fixa mensal ajustado sazonalmente e são divulgadas somente para a indústria geral;
    • ÍNDICE MENSAL: compara a produção do mês de referência do índice em relação a igual mês do ano anterior;
    • ÍNDICE ACUMULADO NO ANO: compara a produção acumulada no ano, de janeiro até o mês de referência do índice, em relação a igual período do ano anterior;
    • ÍNDICE ACUMULADO NOS ÚLTIMOS 12 MESES: compara a produção acumulada nos últimos 12 meses de referência do índice em relação a igual período imediatamente anterior.

    6 - Foi realizado o encadeamento das séries de Índices de Base Fixa, encerradas em fevereiro de 2014 (base média 2002 = 100), com a série que se iniciou em janeiro de 2012 (base 2012 = 100). A série encadeada tem como referência a média mensal de 2012 = 100 e não altera as séries dos índices anteriores a 2012 nas seguintes comparações: mês contra igual mês do ano anterior, acumulado no ano e acumulado nos últimos 12 meses. Vale destacar que, em termos regionais, o encadeamento foi realizado para as atividades em que houve uma relativa aderência entre as duas séries.

    7 - O ajuste sazonal das séries foi obtido utilizando-se o software X-12 ARIMA, U.S. Census Bureau. Considera-se, além dos efeitos sazonais, tratamento específico para o efeito calendário (Trading Day), identificação de outliers e correção de dias úteis para feriados móveis (Carnaval e Páscoa). A modelagem foi definida com a série de 144 meses (janeiro de 2002 a dezembro de 2013) para a indústria geral de cada local, com exceção da de Mato Grosso, que por possuir apenas 24 meses de informações (de janeiro de 2012 a dezembro de 2013), não foi possível realizar o ajuste sazonal. Os modelos adotados nas séries da indústria geral de cada local são os seguintes:

     

    GRANDES CATEGORIAS ECONÔMICAS
    DECOMPOSIÇÃO
    MODELO ARIMA 
    REGRESSÃO (REGARIMA)
    AM
    Multiplicativa
    (0 1 1) (0 2 2) 
    Carnaval TD Páscoa (1)
    PA
    Multiplicativa
    (0 1 1) (0 2 2) 
    Carnaval
    NE
    Aditiva
    (0 1 2) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (1)
    CE
    Aditiva
    (2 0 0) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (8)
    PE
    Multiplicativa
    (0 1 2) (0 1 1)
    Carnaval TD
    BA
    Aditiva
    (0 1 2) (1 1 2)
    Carnaval Páscoa (1)
    MG
    Aditiva
    (2 0 0) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (15) 
    ES
    Aditiva
    (0 1 0) (0 1 1) 
    Carnaval TD 
    RJ
    Aditiva
    (0 1 1) (0 1 1)
    Carnaval TD
    SP
    Multiplicativa
    (1 1 2) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (15)
    PR
    Multiplicativa
    (1 1 2) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (1)
    SC
    Aditiva 
    (2 0 0) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (1) 
    RS
    Aditiva
    (2 0 0) (0 1 1)
    Carnaval TD Páscoa (1) 
    MT
    GO
    Aditiva
    (0 1 1) (0 2 2)
    Carnaval Páscoa (15) 
    BR
    Multiplicativa
    (0 1 1) (0 2 2)
    Carnaval TD Páscoa (1)


    8
     - Os índices apresentados neste documento estão sujeitos à retificação nos dados primários por parte dos informantes da pesquisa, sendo incorporadas revisões a partir de Janeiro do ano anterior ao de referência da pesquisa.

    Notas Metodológicas (Metodologia Antiga - Até Fevereiro de 2014)

    1 - Os indicadores de quantum utilizam dados primários da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF). O painel de produtos e informantes acompanhado é uma amostra intencional representativa de 63% do Valor da Transformação Industrial da Pesquisa Industrial Anual de Empresas do período de 1998/2000, abrangendo 830 produtos e 3.700 unidades locais, totalizando cerca de 4.900 informações mensais, a partir de janeiro de 2002.

    2 - A base de ponderação dos indicadores é fixa e tem como referência a estrutura média do Valor da Transformação Industrial referente ao período 1998/2000.

    3 - A fórmula de cálculo adotada é uma adaptação de Laspeyres - base fixa em cadeia, com atualização de pesos.

    4 - São divulgados quatro tipos de índices:

    • ÍNDICE BASE FIXA MENSAL (NÚMERO-ÍNDICE): ompara a produção do mês de referência do índice com a média mensal produzida no ano base da pesquisa (2002);
    • ÍNDICE MENSAL: compara a produção do mês de referência do índice em relação a igual mês do ano anterior;
    • ÍNDICE ACUMULADO NO ANO: compara a produção acumulada no ano, de janeiro até o mês de referência do índice, em relação a igual período do ano anterior;
    • ÍNDICE ACUMULADO NOS ÚLTIMOS 12 MESES: compara a produção acumulada nos últimos 12 meses de referência do índice em relação a igual período imediatamente anterior.

    Os demais ÍNDICES (por exemplo, MÊS/MÊS ANTERIOR) podem ser obtidos pelo usuário a partir do índice Base Fixa Mensal.

    5 - O ajuste sazonal das séries foi obtido utilizando-se o método X-12, com tratamento específico de correção de dias úteis para feriados móveis (Carnaval e Páscoa). As séries que têm estrutura aditiva são as seguintes: Indústria Geral; Bens Intermediários; Bens de Consumo; Bens de Consumo Semiduráveis e Não-Duráveis; Indústria de Transformação; Indústrias Extrativas; Bebidas; Vestuário e Acessórios; Madeira; Celulose, Papel e Produtos de Papel; Refino de Petróleo e Produção de Álcool; Perfumaria, Sabões e Produtos de Limpeza; Outros Produtos Químicos; Borracha e Plástico; Minerais Não-Metálicos; Máquinas e Equipamentos; Máquinas para Escritório e Equipamentos de Informática; Material Eletrônico e Equipamentos de Comunicações; Veículos Automotores; e Mobiliário. As que têm estrutura multiplicativa, são: Bens de Capital; Bens de Consumo Duráveis; Alimentos; Fumo; Têxtil; Calçados e Couros; Edição, Impressão e Reprodução de Gravações; Farmacêutica; Metalurgia Básica; Produtos de Metal; Máquinas, Aparelhos e Materiais Elétricos; Equipamentos de Instrumentação Médico-Hospitalares, Ópticos, para Automação Industrial, Cronômetros e Relógios; Outros Equipamentos de Transporte; e Diversos.

    A partir da divulgação de agosto de 2007, as atividades de Edição, Impressão e Reprodução de Gravações; Máquinas para Escritório e Equipamentos de Informática; Equipamentos de Instrumentação Médico-Hospitalares, Ópticos, para Automação Industrial, Cronômetros e Relógios; e Diversos, passam a ser ajustadas sazonalmente. Neste procedimento de ajuste sazonal foram consideradas séries com 68 informações, ou seja, de janeiro de 2002 a agosto de 2007.

    6 - Os índices apresentados neste documento estão sujeitos à retificação nos dados primários por parte dos informantes da pesquisa, sendo incorporadas revisões a partir de Janeiro do ano anterior ao de referência da pesquisa.

    Informações mais detalhadas sobre os procedimentos metodológicos podem ser obtidas na Coordenação de Indústria (COIND) - Avenida Chile, 500 4º andar CEP 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ, telefone: (21) 2142-4513.

    Lista de Produtos Selecionados

    • Lista de Produtos GCE: PDF | XLS
    • Lista de Produtos IE IT: PDF | XLS

    Arquivos atualizados em 25/09/2015 às 14:00 horas
    Na lista de produtos IPP onde se lê: 1533.6010 = 1531.2010, leia-se 1533.6010 = 1533.2010.

    Séries históricas

    #seriehistorica201791155441486 

    #tabelasidra201791155616397

    #tabelasidra2017114115951645

    Microdados

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Portaria de precedência

    Divulgação dos resultados de indicadores conjunturais

     

    Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
    GABINETE DO MINISTRO
    PORTARIA Nº 355, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2007
    (Publicada no Diário Oficial da União nº 213, Seção 1, de 06.11.2007)

     

    O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II, do artigo 87 da Constituição Federal, resolve:

    Art. 1º - A divulgação dos resultados de indicadores conjunturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE seguirá as seguintes etapas:

    I - às sete horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados, acompanhados de um sumário-executivo elaborado pelo IBGE, para as autoridades da lista de precedência;

    II - às nove horas do dia da divulgação serão encaminhados os resultados para os órgãos de imprensa e disseminados na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br.

    § 1º. Os técnicos do IBGE estarão disponíveis para prestar esclarecimentos aos usuários sobre os resultados da pesquisa divulgada a partir do encaminhamento de que trata o inciso II do caput.

    § 2º. O disposto nesta portaria aplica-se a qualquer indicador conjuntural produzido pelo IBGE, especialmente aos seguintes:

    I - Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);

    II - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA);

    III - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E);

    IV - Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15);

    V - Pesquisa Mensal de Emprego (PME);

    VI - Contas Nacionais Trimestrais;

    VII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil);

    VIII - Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional);

    IX - Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário - (PIMES);

    X - Pesquisa Mensal de Comércio (PMC);

    XI - Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI);

    XII - Conjuntura Agropecuária (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal; Pesquisa Trimestral de Abate de Animais; Pesquisa Trimestral de Leite; Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha; Pesquisa Trimestral do Couro).

    Art. 2° - A relação das autoridades constantes da lista de precedência específica a cada pesquisa de indicadores conjunturais, será divulgada por intermédio de Nota Oficial da Instituição e disseminada no portal do IBGE na Internet, através do sítio https://www.ibge.gov.br

    Art. 3º - As autoridades constantes da lista de precedência deverão observar o mais rigoroso sigilo das informações referentes aos indicadores de que trata esta Portaria, nos termos do disposto na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

    Art. 4º - Revogam-se as Portarias nº 164/MP, de 20 de dezembro de 1999, e nº 167/MP, de 5 de setembro de 2003.

    Art. 5º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     

    PAULO BERNARDO SILVA 


     O IBGE divulga a relação das autoridades que recebem com precedência os resultados das pesquisas conjunturais produzidas por esta Instituição: 

    Ministro de Estado do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão - Esteves Pedro Colnago Júnior

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro de Estado da Fazenda - Eduardo Refinetti Guardia

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física - Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Blairo Borges Maggi

    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro de Estado da Indústria, Comércio e Serviços

    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física - Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República - Eliseu Lemos Padilha

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Presidente do Banco Central - Ilan Goldfajn

    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E)
    • Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15)
    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil)
    • Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional (PIM-PF Regional)
    • Pesquisa Mensal de Comércio (PMC)
    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)
    • Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
    • Conjuntura Agropecuária
      • Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - mensal
      • Pesquisa Trimestral de Abate de Animais
      • Pesquisa Trimestral de Leite
      • Pesquisa Trimestral de Produção de Ovos de Galinha
      • Pesquisa Trimestral do Couro
    • Índice de Preços ao Produtor - Indústrias Extrativas e de Transformação (IPP)
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Presidente da Caixa Econômica Federal - Nelson Antônio de Souza

      Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)

     

    Ministro de Estado do Trabalho - Hélton Yomura (Interino)

    • Contas Nacionais Trimestrais
    • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua)

     

    Diretor do Departamento de Estudos Econômicos e Pesquisas do Ministério do Turismo - José Francisco de Salles Lopes

    • Pesquisa Mensal de Serviços (PMS)

     

    Roberto Luís Olinto Ramos
    Presidente do IBGE
    Atualizado em 10 de abril de 2018

      

    Divulgação dos resultados de indicadores estruturais

     

    Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
    GABINETE DO MINISTRO
    PORTARIA Nº 15, DE 27 DE JANEIRO DE 2005
    (Publicada no Diário Oficial da União edição número 20 de 28/01/2005)

     

    O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos I e II, da Constituição e considerando o disposto no art. 27, inciso XVII, alínea "c", da Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, resolve:

    Art. 1º - Disciplinar os procedimentos a serem observados na divulgação dos resultados de indicadores estruturais produzidos pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

    Art. 2º Os resultados serão encaminhados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ao Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, com antecedência mínima de quarenta e oito horas do horário fixado no art. 3º, inciso I, desta Portaria.

    Art. 3º No dia da divulgação dos resultados dos indicadores de que trata esta Portaria, serão observados:

    I - liberação para a imprensa e disponibilização pela Internet, no endereço: (https://www.ibge.gov.br), às 10 horas;

    II - os técnicos do IBGE somente poderão prestar esclarecimentos sobre os resultados dos indicadores estruturais após a liberação e publicação na forma do inciso I.

    Art. 4º Os servidores que tenham conhecimento prévio dos resultados deverão manter rigoroso sigilo, sob pena de responsabilidade nos termos da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

    Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

     

    NELSON MACHADO

     

     

    Downloads

    Conceitos e métodos - Fevereiro 2018

    Nenhum conteúdo disponível para exibição

    Calendário

    Próximas divulgações

    Operação estatísticaPrevisão de divulgação
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 3/2018 a 3/2018
    03/05/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 3/2018 a 3/2018
    09/05/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 4/2018 a 4/2018
    05/06/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 4/2018 a 4/2018
    08/06/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 5/2018 a 5/2018
    04/07/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 5/2018 a 5/2018
    11/07/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 6/2018 a 6/2018
    02/08/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 6/2018 a 6/2018
    09/08/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 7/2018 a 7/2018
    04/09/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 7/2018 a 7/2018
    11/09/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 8/2018 a 8/2018
    02/10/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 8/2018 a 8/2018
    09/10/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 9/2018 a 9/2018
    01/11/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 9/2018 a 9/2018
    09/11/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 10/2018 a 10/2018
    04/12/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 10/2018 a 10/2018
    07/12/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 11/2018 a 11/2018
    08/01/2019
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 11/2018 a 11/2018
    11/01/2019
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 12/2018 a 12/2018
    01/02/2019
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 12/2018 a 12/2018
    08/02/2019

    Divulgações anteriores

    Operação estatísticaData da divulgação
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 2/2018 a 2/2018
    11/04/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 2/2018 a 2/2018
    03/04/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 1/2018 a 1/2018
    09/03/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 1/2018 a 1/2018
    06/03/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 12/2017 a 12/2017
    08/02/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 12/2017 a 12/2017
    01/02/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 11/2017 a 11/2017
    11/01/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 11/2017 a 11/2017
    05/01/2018
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 10/2017
    08/12/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 10/2017
    05/12/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 9/2017
    08/11/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 9/2017
    01/11/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 8/2017
    10/10/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 8/2017
    03/10/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 7/2017
    06/09/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 7/2017
    05/09/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 6/2017
    08/08/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 6/2017
    01/08/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 5/2017
    11/07/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 5/2017
    04/07/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 6/2017
    09/06/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 4/2017
    02/06/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 3/2017
    09/05/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 3/2017
    03/05/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 2/2017
    11/04/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 2/2017
    04/04/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 1/2017
    14/03/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 1/2017
    08/03/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 12/2016
    07/02/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 12/2016
    01/02/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Regional
    Período de referência: 11/2016
    11/01/2017
    Pesquisa Industrial Mensal: Produção Física - Brasil
    Período de referência: 11/2016
    05/01/2017

    Publicações - Fevereiro 2018

    Notícias e releases

    Ver mais notícias

    Material de apoio

    Nenhum material de apoio cadastrado para esse item

    Erramos

    Nenhum conteúdo disponível para exibição


    Participe da Consulta pública aos usuários do Censo Demográfico 2020