Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Geodésia

Modelo de Ondulação Geoidal

Apresentação

Com o uso cada vez maior do Sistemas de Navegação Global por Satélite (GNSS) para o posicionamento, principalmente na obtenção de altitudes, associado às novas informações geodésicas e modelos de geopotencial e de terreno disponíveis recentemente, identificou-se a necessidade de atualização do modelo de ondulações geoidais, possibilitando a conversão de altitudes geométricas ou elipsoidais (referidas ao elipsoide) em ortométricas (referidas ao nível médio do mar - NMM) com uma melhor confiabilidade. É com este objetivo que o MAPGEO2010, assim como os modelos anteriores (MAPGEO92 e MAPGEO2004), foi concebido e produzido conjuntamente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Coordenação de Geodésia (CGED), e pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP. O modelo MAPGEO2010 foi calculado com uma resolução de 5’ de arco, e o Sistema de Interpolação de Ondulações Geoidais foi atualizado. Através deste sistema, os usuários podem obter a ondulação geoidal em um ponto, ou conjunto de pontos, em coordenadas SIRGAS2000.

O Modelo MAPGEO2010 em SIRGAS2000 pode ser visualizado na figura 1.

Para converter a altitude geométrica ou elipsoidal (h), obtida através de GNSS, em altitude ortométrica (H), utiliza-se a equação:

H = h – N (figura 2).


onde N é a ondulação geoidal fornecida pelo programa, dentro da convenção que considera o geoide acima do elipsóide se a altura geoidal tiver valor positivo e abaixo em caso contrário.