Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English
A- A+

Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária

Estatísticas da Saúde: Assistência Médico-Sanitária 2009

A Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária investiga todos os estabelecimentos de saúde existentes no País que prestam assistência à saúde individual ou coletiva, públicos ou privados, com ou sem fins lucrativos, em regime ambulatorial ou de internação, incluindo aqueles que realizam exclusivamente serviços de apoio à diagnose e terapia e controle regular de zoonoses, com o objetivo básico de revelar o perfil da capacidade instalada e da oferta de serviços de saúde no Brasil.

Com esta publicação, o IBGE traz a público os resultados obtidos pela pesquisa em 2009, abrangendo aspectos como o número de estabelecimentos existentes, por esfera administrativa, condição de funcionamento, categoria e tipo de atendimento; serviços oferecidos por modalidade de agente financiador (SUS, particular e convênio); pessoal ocupado; leitos existentes e volume de internações nos estabelecimentos com internação; além de informações sobre os equipamentos médico-hospitalares em condições de uso nos estabelecimentos investigados, segundo Grandes Regiões, Unidades da Federação e Municípios das Capitais. Para algumas variáveis, são apresentadas séries retrospectivas que possibilitam conhecer a evolução dessas estatísticas ao longo do período de 1976 – início dos primeiros resultados da pesquisa sob a responsabilidade do IBGE – até 2009, em sua mais recente edição.

A publicação apresenta, ainda, notas técnicas sobre a pesquisa, análise que destaca as principais diferenças interregionais observadas na distribuição dos indicadores selecionados, ilustrada com tabelas, gráficos e mapas, e um glossário com os conceitos considerados relevantes para a compreensão dos resultados. Essas informações estão disponíveis no CD-ROM que a acompanha e no portal do IBGE na Internet, onde podem ser encontrados, também, os microdados da pesquisa para facilitar a exploração de sua base de dados segundo perspectivas diversas.

A realização da Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária tem o apoio do Minis¬tério da Saúde. Seus resultados contribuem para a identificação das demandas regionais de investimentos públicos no setor e, em conjunto com outros indicadores, subsidiam a implementação de programas mais diversificados de modo a suprir as carências específicas identificadas em prol de um acesso mais abrangente da população aos serviços de saúde no País.